Notícias

Câmara dos Deputados aprova convite ao presidente da Funai, para conversa sobre o povo yanomami

18 Mai 2022 - 21h00 | Atulizado em 18 Mai 2022 - 21h00
Câmara dos Deputados aprova convite ao presidente da Funai, para conversa sobre o povo yanomami

Nesta quarta-feira (18) a Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento, Regional e Amazônia da Câmara dos Deputados aprovou um requerimento para que Marcelo Xavier, presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), possa fazer esclarecimentos sobre as declarações sobre a violência sofrida pela tribo Yanomami e também referente à presença de garimpos ilegais nas terras indígenas. 

A deputada Vivi Reis (PT-PA), autora do requerimento, concordou com o comparecimento de Marcelo Xavier, após uma fala do presidente da Funai em uma coletiva, no dia 12 de abril, onde contou sobre a real situação que vivem na região: fome, doenças e situações completamente insalubres.

“Da mesma forma os garimpeiros trabalham em situação insalubres e, portanto, são vítimas como os indígenas yanomamis”, conta Marcelo Xavier.

Além disso, o presidente da Funai também contou, no mesmo acontecimento, que os problemas em terras indígenas ocorrem há mais de 30 anos e que a culpa seria do presidente da Venezuela e governos brasileiros anteriores.


Marcelo Xavier. Presidente da Funai. (Foto: Reprodução/O Globo)


 A audiência com Marcelo Xavier ainda não possui data marcada. 

O povo yanomami vem sofrendo muito com os garimpos ilegais que ocorrem na região. Casos de estupro, mortes e queimadas, são algumas das denúncias realizadas sobre o que está ocorrendo no local. Uma criança de 12 anos foi estuprada e morta. Além dela, outra criança de 3 anos desapareceu após ser jogada no rio Uraricoera. Essas foram algumas das vítimas dos crimes horrendos, onde pessoas do garimpo ilegal são os principais suspeitos de cometê-los. 

As denúncias foram realizadas pelo presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kwana, Junior Hekurari Yanomami, após informações recebidas via rádio pelos indígenas da região.  

Os Yanomamis são um dos maiores povos, estimando-se cerca de 28 mil indígenas, que se espalham pelos Estados de Roraima e Amazonas. Além disso, uma parte também vive no Sul da Venezuela. 

 

Foto destaque: Povo yanomami. Reprodução/UOL

Mais Lidas