Moda

Cavalo na passarela: Confira as excentricidades do desfile da Chanel

28 Jan 2022 - 16h50 | Atulizado em 28 Jan 2022 - 16h50
Cavalo na passarela: Confira as excentricidades do desfile da Chanel

No dia 25 de janeiro de 2022 às 10h ocorreu o desfile de alta-costura da Chanel na Paris Fashion Week. Os detalhes do evento dividiram opiniões na internet por serem polêmicos. A moda está cada dia mais inovada e a marca de grife tem se mostrado à frente do tempo, com a exuberância dos looks bem elaborados e geométricos.


(Desfile de alta-costura primavera/verão Chanel. Foto: Reprodução/ Chanel)


Virginie Viard, diretora criativa da Chanel, elabora a coleção primavera-verão 2022 e explica que: As formas geométricas me fizeram querer contrastes, muita leveza e muito frescor. Vestidos etéreos que flutuam como se estivessem suspensos. Muitos babados, franjas, macramê, rendas brilhantes, tweeds iridescentes, botões coloridos de joias."


(Desfile de alta-costura primavera/verão Chanel. Foto: Reprodução/ Chanel)


Além disso, as roupas são compostas por tecidos leves e com bastante fluidez. As roupas que remetem à moda da década de 1920. Embora as peças sejam elaboradas em uma paleta cromática e estampas de coração que remetem à feminilidade, há também sensualidade nas roupas com transparência. A coleção é pensada para inspirar outras temporadas e abarcar looks tanto para o dia, quanto para a noite.


(Desfile de alta-costura primavera/verão Chanel. Foto: Reprodução/ Chanel)


O desfile de alta-costura contou também com salto alto “Mary-Jane bicolor”, que remete a 1980. O look utilizado com esse salto foi composto com muita geometria, por conta das alças compostas com tranças brancas que ornam o cabelo com miçangas e correntes prateadas. Além do mais, a modelo finaliza o desfile com um vestido de noiva e flores pretas nas mãos como forma de homenagem à morte do ator francês Gaspard Ulliel, que era modelo da Chanel.


(Desfile de alta-costura primavera/verão Chanel. Foto: Reprodução/ Chanel)


Outras peças que chamaram atenção na coleção primavera-verão do desfile de alta-costura da Chanel foram as roupas de equitação. A designer Virginie Viard elaborou os looks com paetês e tons fechados que demonstram conforto e elegância ao mesmo tempo.


(Desfile de alta-costura primavera/verão Chanel. Foto: Reprodução/ Chanel)


As peças de equitação foram apresentadas de forma inusitada. O desfile de alta-costura da Chanel foi aberto com um cavalo e dividiu opiniões de fãs da moda. Confira a modelo Charlotte entrando com o animal: 



Charlotte Marie Pomeline Casiraghi, filha da princesa Caroline de Mônaco, é especialista em equitação e participou de diversos campeonatos. Em 2020 Charlotte também se tornou embaixadora da Chanel. A parceria entre a atleta e a marca de grife tem bastante significado. 

A maison foi criada com inspirações de equitação, hipismo e tudo a ver com cavalos, visto que era uma paixão de Gabrielle Bonheur Chanel, fundadora da marca. 

O desfile pensado em equitação e minigolfe foi realizado no Grand Palais, em Paris. O  artista contemporâneo Xavier Veilhan elaborou o cenário com pistas de salto, elementos de estábulo e alguns instrumentos tocados pelo músico Sébastian Tellier.



A diretora criativa da marca escolheu as pessoas para essa coleção porque ela afirma que: “Xavier e Sébastien são amigos. Junto com Charlotte, eles formam o tipo de família Chanel que eu gosto de me cercar”.

A coleção estará disponível nas boutiques em março de 2022.

Foto destque: Charlotte no cavalo. Reprodução/ WireImage

Mais Lidas