Esportes

Charles do Bronx perde o cinturão peso-leve por não bater meta válida para as lutas

06 Mai 2022 - 21h09 | Atulizado em 06 Mai 2022 - 21h09
Charles do Bronx perde o cinturão peso-leve por não bater meta válida para as lutas

Aconteceu em Phoenix, nos Estados Unidos, a pesagem dos atletas para as lutas válidas do UFC. A tarde ficou marcada pela perda do cinturão de peso-leve de Charles do Bronx. O brasileiro não conseguiu bater o limite de 70,3kg da categoria e teve o título retirado.

Mesmo que Bronx vença o duelo, o cinturão ficará vago e sua luta contra Justin Gaethje só valerá cinturão para o americano. Charles do Bronx é o primeiro atleta da história a perder um cinturão do UFC por mão alcançar a meta de peso exigida.

Bronx havia anunciado que havia batido o peso exigido ainda à noite, mas o lutador só chegou ao palco para a pesagem em cima do cronômetro: faltavam apenas 6 minutos para o fechamento da janela oficial de duas horas. Com confiança aparente, o campeão de peso-leve subiu na balança, mas ficou 0,5kg acima do limite válidos para as lutas pelo cinturão.

O brasileiro chegou a pedir o biombo para se pesar sem roupa, mas ainda assim não houve alteração no peso. O atleta permaneceu com 0,5 libras, o equivalente a 200g, acima do peso. Foi permitido ao lutador uma hora para cortar o excesso de peso, mas, ao voltar a balança 25 minutos depois, o peso apontado na balança se manteve inalterado. Com o resultado, foi decretado a perda do cinturão de campeão mundial.

De acordo com atletas e treinadores que estavam no evento de pesagem, o problema estaria na balança usada e o erro logístico teria causado a perda do cinturão de Charles do Bronx. Usada pelos lutadores durante a semana para a monitoração dos pesos, segundo os participantes do evento, a balança digital poderia estar descalibrada.


Charles do Bronx é o primeiro atleta a perder o cinturão por não atingir a pesagem ideal (Reprodução: Getty Images)


Na manhã desta sexta-feira a balança foi recalibrada e, segundo atletas de acompanharam a recalibração, apontaram uma diferença entre 200g e 300g em relação à noite anterior. Por causa disso, muitos atletas tiveram que reiniciar seus cortes de peso na janela de duas horas dada pela comissão do UFC.

Um atleta do UFC 274, que não foi identificado, contou em entrevista que, de acordo com um funcionário do UFC, o erro na balança havia sido relatado, mas que o erro teria se mantido durante a madrugada de quinta para sexta, enquanto ocorriam as pesagens dos atletas.

“Quando foi hoje de manhãzinha, madrugada, nos foi falado que a balança tinha sido mexida e que ela estava marcando errado, e que agora tinha sido corrigida e a balança estava marcando certo. Eu ainda indaguei o funcionado do UFC: “então ela estava marcando errado a semana inteira? A gente pesando errado?” Ele disse: “não, ficou errado só essa madrugada, que alguém ficou na balança.” Pelas minhas contas, achei que estava meio quilo de diferença para mais (depois de acertada a balança) mas não tinha como ter certeza. Mas pode ser que estivesse errado a semana inteira, não dá pra saber”, afirmou o atleta.

O treinador de Do Bronx, Diego Lima, também falou sobre o ocorrido com o atleta em declaração feita à reportagem ao Ag. Fight.

“Depois que o Charles começou a lutar no 70 kg, vocês são testemunhas que ele sempre bateu o peso sem usar libra de tolerância, às vezes até abaixo do peso. Ontem ele dormiu no peso, a gente até postou. Ontem batemos o peso na balança que tinha no hotel, fomos dormir tranquilos e ele acordou mais pesado. Infelizmente o cinturão da categoria está vago. Agora é olhar para frente e focar no trabalho de amanhã”, explicou.

Em declaração, o UFC 274 disse que Charles continua sendo o campeão peso-leve do UFC, mas no início do main event amanhã a noite (07), ele deverá deixar o título vago. Caso vença, o brasileiro se tornará o desafiante número um pelo cinturão vago. Charles do Bronx enfrenta o americano Justin Gaethje e o evento será transmitido ao vivo, a partir das 15h10 (horário de Brasília).

 

Foto destaque: Charles do Bronx, campeão peso-leve do UFC (Reprodução: Getty Images)

Mais Lidas