Tech

Chega nova fase da tecnologia de Realidade Virutal com chegada do 5G

26 Mar 2022 - 12h00 | Atulizado em 26 Mar 2022 - 12h00
Chega nova fase da tecnologia de Realidade Virutal com chegada do 5G

As Meta, empresa dona das redes sociais, Facebook e Instagram, desativou o projeto com cerca de 300 profissionais responsáveis por desenvolver sistemas operacionais para tecnologia de Realidade Virtual (VR), em fevereiro deste ano. O objetivo não é desistir da tecnologia, mas pelo contrário, tentar ajustar a forma de trabalho para conseguir avançar nos resultados das experiências imersivas.

E o VR, é o futuro estratégico do Metaverso, que representa o foco que a empresa Meta transformou. Porém, a aceitação do público continua sendo um fator de desafio na massificação, mesmo que a realidade aumentada seja uma promessa já há anos. Em 2014, o Facebook, comprou a Óculos VR, empresa que segue importante dentro de sua estratégia, investindo nela US$ 2 bilhões.

O que é a Realidade Virtual?

Partindo do conceito de que, nós seres humanos, conhecemos o mundo ao nosso redor por meio dos nossos sentidos e que toda nossa percepção e equilíbrio dependem disso. Com todas essas informações sendo processadas por nosso cérebro instantaneamente, para construir o ambiente a nossa volta.

Portanto podemos dar ao cérebro informações criadas virtualmente, mudando a realidade. Para isso o VR é capaz de estimular os sentidos como visão, audição, tato, olfato e paladar, criando uma ilusão do que é real.


Tecnologia 5G é a nova tendência no mundo (Foto:Reprodução/TheEquinix)


A chegada do 5G é o ponto de ignição

Uma nova fase dessa tecnologia de realidade aumentada está para se iniciar, impulsionada desta vez pelo 5G. A maior estabilidade de conexão garante uma experiência continua sem muitas interrupções, coisas que o 4G, por exemplo, não daria conta.

A estimativa é que o 5G movimente mais de R$ 120 bilhões no Brasil até 2025, considerando diversas tecnologias que serão impulsionadas, entre elas a Realidade Virtual.

E é nesta nova fase que a o VR atinge um estágio maior do que o anterior, passando a ser uma opção além dos games e entretenimento. Muitas empresas já fazem uso do VR para treinamentos e convenções empresariais. A pesquisadora de tendências tecnológicas Amy Webb revelou as previsões em relação a tecnologia imersivas.

“Óculos inteligentes e funcionais estão prestes a suplantar o smartphone como dispositivo predominante. Se o futuro é o metaverso, os óculos inteligentes serão nosso principal caminho” disse Amy.

 

Foto Destaque: Reprodução/ShowMeTech

Mais Lidas