Saúde e Bem Estar

Cidade do Rio retoma vacinação contra Covid para adolescentes nesta quarta-feira

21 Set 2021 - 11h11 | Atulizado em 21 Set 2021 - 11h11
Cidade do Rio retoma vacinação contra Covid para adolescentes nesta quarta-feira

Foi confirmada na cidade do Rio de Janeiro a retomada da vacinação contra a Covid-19, a partir dessa quarta-feira (22), para os adolescentes. Segundo o calendário anunciado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a volta da imunização deste público será na quarta e quinta-feira para as meninas de 13 anos e na sexta-feira para os meninos da mesma idade.


 

 


https://inmagazine.com.br/post/Desgaste-mental-e-trabalho-De-que-modo-conciliar-a-saude-mental-e-o-exito-profissional

https://inmagazine.com.br/post/Pfizer-concede-22-milhoes-de-imunizantes-ao-Brasil-e-arremata-84-milhoes-de-doses-em-5-dias

https://inmagazine.com.br/post/Beneficios-da-atividade-fisica-durante-a-pandemia

Mesmo com a definição do Ministério da Saúde para que sejam imunizados contra a Covid-19 somente adolescentes com comorbidades, a capital carioca irá seguir com a imunização, utlizando apenas a vacina da Pfizer para todo o público, que vai ser atendido de 12 a 17 anos. Cinco outras cidades do Estado afirmaram que também darão continuidade a vacinação para esse grupo de cidadãos.

O público que será vacinado deverá mostrar sua identificação original com foto, número do seu CPF e sendo possível, apresentar a caderneta de vacinação.

A cidade ainda nesta semana vai continuar a vacinação de dose de reforço em pessoas com alto grau de imunossupressão, ou seja, aqueles que tem redução da capacidade de resposta do sistema imunológico e também será vacinados os idosos. A partir dessa segunda-feira (20), estão sendo vacinados os que possuem idade de 89 a 84 anos ou mais. Já para as pessoas com imunossupressão com 60 anos ou mais começaram a ser atendidas nessa segunda e nesta terça-feira (21), os pacientes com 40 anos ou mais a partir dessa quarta-feira (22).

Além disso, no início desta semana, o município retomou a aplicação da segunda dose da Coronavac, depois de ter recebido 216 mil doses em substituição ao lote da vacina que está interditado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A aplicação da vacinação deste imunizante estava suspenso por falta de doses desde a última quarta-feira (16).

(Foto Destaque: Reprodução/Gustavo Fring/Pexels)

 

Mais Lidas