Celebridades

Cintia Dicker comenta sobre os famosos 'apagões' de Pedro Scooby

23 Mar 2022 - 10h05 | Atulizado em 23 Mar 2022 - 10h05
Cintia Dicker comenta sobre os famosos 'apagões' de Pedro Scooby

Cintia Dicker, mulher de Pedro Scooby contou que os casos de apagões de Scooby, no começo do namoro com o surfista, deixavam a modelo "pau da vida". Cintia comentou ao jornal Extra: “No começo do nosso namoro, eu não o conhecia direito. Aí eu estava falando com o Pedro e, do nada, ele ia para outro lugar!"

A  modelo continou a explicação. "Eu perguntava: ‘Você não está escutando nada do que eu estou falando?’, e ele respondia: ‘Pode falar, amor’. Mas aí eu, que era muito ansiosa, já ficava pau da vida porque tinha que falar tudo de novo.Foi só no começo mesmo, porque eu achava que ele não estava dando moral nenhuma para o que eu estava falando. Mas não era, é o jeito dele, estava pensando em outra coisa. Depois ele volta com a maior calma e aí não tem como brigar porque ele vem com aquele jeito dele: ‘Pode falar, meu amor’”.

Amigos e familiares deixaram bem claro que o Pedro é exatamente assim, tem esses desligamentos, e já se acostumaram com o jeito distraído de Scooby.


Pedro e Cintia em post de Dia dos Namorados no Instagram da modelo.(Foto:Reprodução/Instagram)


Em conversa com Jessilane, Scooby falou que se não fosse o surf, ele teria vontade de trabalhar como cabeleireiro, depois da sister comentar que sua mãe sempre foi cabeleireira: "Eu cresci, na verdade, dentro de salão. Minha mãe sempre foi cabeleireira. Eu trabalho lá no final do ano, todo ano, pra fazer um extra" disse a sister. Logo em seguida Pedro Scooby comentou sobre uma outra possibilidade de trabalhar: "É uma parada que eu gosto muito, seria uma possível profissão pra mim, se eu não fosse surfista. Tenho que treinar de novo, senão vou sair meia boca daqui, minha mulher vai falar: 'Pô, aprendeu ou não aprendeu?', mas tem várias coisas que ela está vendo aqui que, já sei que chegar lá fora, vou fazer pra ela", finalizou o surfista.

Foto Destaque: Reprodução/Instagram

Mais Lidas