Tech

Clientes da Oi Móvel tem mudança de operadora antecipada pela Tim

16 Jun 2022 - 18h51 | Atulizado em 16 Jun 2022 - 18h51
Clientes da Oi Móvel tem mudança de operadora antecipada pela Tim

A operadora Tim anunciou na quarta-feira (15) que clientes da Oi Móvel, que são responsabilidade da empresa por conta da divisão dos ativos da rival com as operadoras Telefônica Brasil e Claro, já podem utilizar a rede da companhia no país, de forma antecipada frente ao prazo previsto de migração de 6 de julho.

Com a aquisição de parte dos ativos da Oi Móvel, a Tim ficou com uma base de 16,4 milhões de clientes de antiga rival. Estes clientes estão distribuídos por 29 DDDs, em 17 Estados e no Distrito Federal.

Em São Paulo, maior mercado de telefonia do Brasil, a base obtida pela Tim envolve os DDDs 19, 16 e 11, totalizando 4,5 milhões de usuários, informou a operadora em um comunicado à imprensa.


Logo da Tim (Reprodução/ Correio dos Municípios)


A Tim afirmou que com a aquisição dos ativos da Oi Móvel, concluída em abril, alcançou a liderança em cobertura nacional, chegando a 5.375 cidades no Brasil.

A operadora afirmou que o processo de integração dos clientes obtidos da Oi está sendo realizado em três etapas, com a primeira sendo a disponibilização da rede da Tim para os novos usuários, anunciada nesta quarta-feira (15).

Agora a empresa está desligando ativos obtidos da rede Oi e reaproveitando espectro e infraestrutura. A última etapa será a "integração sistêmica", quando a tarifação e emissão das contas será feita pela Tim.

A Tim tem se tornado cada vez mais uma referência mundial como operadora que mais atende o seu público. Segundo a pesquisa da Teleco em 2021, a Tim empata com a Vivo na questão de cobertura por todo o Brasil, o que equivale a 80-90%, ou seja cobertura por maior parte do território brasileiro. Mesmo a Vivo sendo a maior cobertura 3G do país, a Tim a enfrenta no 4G.

 

Foto em destaque: sede da Tim em São Paulo (Reprodução/Teletime)