Money

Clubes brasileiros possuem dívida que ultrapassou os R$ 11 bilhões em 2022

06 Jun 2023 - 15h22 | Atulizado em 06 Jun 2023 - 15h22
Clubes brasileiros possuem dívida que ultrapassou os R$ 11 bilhões em 2022

Sabe-se que o futebol brasileiro é um mundo de inúmeras dívidas envolvidas, dito isso o ano passado não foi positivo para os clubes, já que, de acordo com um levantamento feito pela consultoria EY com base nos valores divulgados pelas equipes, a dívida cresceu algo em torno de R$ 900 milhões, chegando a um total de R$ 11,3 bilhões, dos 30 principais times das séries A e B do Campeonato Brasileiro. 

O clube com maior endividamento líquido no ano foi o Atlético Mineiro, que somente ele acumulou R$ 1,5 bilhão, o que corresponde a 15% do valor total dos clubes. Em seguida vem seu maior rival, o Cruzeiro, com um total a pagar de R$ 1,1 bilhão. E Em terceiro lugar, também um clube do Sudeste, porém do Rio de Janeiro, que é o Botafogo, que deve R$ 1,04 bilhão, esses dois últimos viraram SAF (Sociedade Anônima do Futebol) recentemente na expectativa de melhorarem esses números. Fechando o G4 desse ranking, aparece o Corinthians, que em 2021 era o terceiro, mas foi ultrapassado pois sua dívida não chegou ao bilhão, estando em R$ 927 milhões.


Clubes do futebol brasileiro batalham todo ano contra as dívidas. (Foto: Reprodução/ Ge)


 "Até o fim do ano, nós imaginamos que metade dos times da Série A já façam parte do modelo SAF, o que deve melhorar o modelo de gestão dos clubes. Além disso, também temos a probabilidade da criação da Liga, que deve ser convertida ainda neste ano, e deve trazer mais fluxo de caixa aos times e a criação do fair play financeiro, que deve nivelar os gastos no esporte”. Afirmou Pedro Daniel, diretor executivo de Esporte e Entretenimento da EY. 

Para Pedro, é inimaginável pensar que o lado financeiro não esteja alinhado ao desempenho dentro do campo, visto que os dois clubes que mais faturam são os que mais conquistaram títulos nos últimos anos, e são eles Flamengo e Palmeiras. O time carioca obteve faturamento anual recorde de qualquer time no Brasil, com R$1,1 bilhão. Já o alviverde, que ficou em segundo lugar, arrecadou R$ 867 milhões em um ano. Em comparação a 2021, a receita dos clubes analisados cresceu 156%, totalizando R$ 8,1 bilhões no período. 

Foto destaque: Desempenho dos clubes no campo está diretamente relacionado ao lado financeiro. Foto: (Reprodução/ A Notícia do Ceará)