Esportes

Com gols de Cano, Fluminense vence e encosta no G6

15 Mai 2022 - 11h39 | Atulizado em 15 Mai 2022 - 11h39
Com gols de Cano, Fluminense vence e encosta no G6

Com dois gols de Germán Cano, o Tricolor vence o Athletico-PR, neste sábado (14),  em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, e encerra sequência sem vitórias na competição. Furacão segue sem pontuar como visitante, e já soma três derrotas.

O Jogo

Nos momentos iniciais da partida, o Fluminense demonstrou bastante intensidade sobre o adversário. Com amplo domínio da posse de bola – 63% contra 37%-, e precisão nos passes – 88% de acerto -, o time mandante impôs o tom característico do estilo de jogo do treinador Fernando Diniz e não demorou para criar oportunidades reais de gol.

Aos 7 minutos, Cano é lançado por Wellington, dribla o zagueiro Pedro Henrique, e com a perna esquerda finaliza cruzado para abrir o placar no estádio Raulino de Oliveira.

Em seguida, o tricolor manteve a pressão e quase ampliou quando Luiz Henrique chutou rente a trave do gol de Bento.

Em conrtapatida, o Furacão se encontrava desorganizado e com dificuldades para conter o ímpeto do adversário, mesmo recuado devido a escalação de três volantes. Gradativamente, o time de Luis Felipe Scolari subia o rítmo, apertava a marcação e tentava o ataque do jeito que podia, vez por outra, pelas laterais do campo com a profundidade dos atacantes de lado.


Luis Felipe Scolari, técnico do Athletico-PR. (Foto: Reprodução/ Tramontin/Athletico)


Aos 21, o lateral esquerdo Abner serve Pablo com cruzamento rasteiro na pequena área, embaixo da trave, com o goleiro Fábio vendido, e o centroavante desperdiça uma chance inacreditável chutando a bola por cima do travessão.

A reação continuava e aos 24’, em escanteio para o Athletico, Pedro Henrique foi segurado por Martinelli e Wellington em lance de possível irregularidade. Segundo o comentarista de arbitragem, Sandro Meira Ricci, a penalidade deveria ter sido marcada.

Os times voltaram para a segunda etapa com o ritmo menos acelerado, pouca criatividade e bastante dificuldade em criar chances. A equipe carioca se manteve mais organizada, com troca de passes e buscando alternativas. Já o visitante pouco ameaçava.

O jogo seguiu cadenciado até que Jhon Arias – suplente de Martinelli – lançou Luiz Henrique, que desviou para Willian Bigode – suplente de Nathan - ajeitar numa espécie de linha de passe no alto para Cano, que com extrema felicidade acertou um lindo chute sem chances para o goleiro Bento.

Jogando contra o placar, o tempo e a superioridade do adversário, só restou ao técnico Felipão apostar tudo o que tinha para ir ao ataque. As alterações surtiram efeito, e o Athletico conseguiu diminuir o placar aos 45’ quando Pedro Rocha cobra o escanteio na direção de Matheus Felipe, que aproveita a desatenção da zaga tricolor para diminuir o placar. Não deu tempo para mais nada, e o lance deu números finais a partida.

Cano

O centrovante argentino Germán Cano já soma 15 gols em 30 jogos com a camisa tricolo, mantendo a média de um tento a cada duas partidas.

– Trabalho duro todos os dias. O trabalho é fundamental para continuar fazendo gols. Estou feliz pela vitória, porque o time precisava muito. Estou muito bem e fazer gol me dá muita confiança para continuar trabalhando mais. Agora é continuar, descansar e pensar na Sul-Americana – disse ele em entrevista.

Sequência

A vitória contra o Athletico-PR deixa o Fluminense na 11ª colocação do Brasileirão, a um ponto do Palmeiras, primeiro time dentro do G6 – grupo de classificação para a Copa Libertadores da América-. No próximo domingo (22), o tricolor visita o Fortaleza, no Castelão ás 16h.

Com a derrota, a equipe paranaense ocupa a 14ª posição na tabela, podendo ser ultrapassada pelo Goiás. O furacão volta a campo na próxima terça-feira (19/05) contra o Libertad, pela Copa Libertadores da América. No domingo, recebe o Avaí às 19h na Arena da Baixada.

Confira os melhores momentos de Fluminense 2x1 Athletico-PR


Melhores momentos de Fluminense 2x1 Athletico-PR. (Vídeo: Reprodução/ Youtube)


Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro6ª rodada 14/05/2022, 21h – Raulino de Oliveira

Fluminense (2) Fábio; Yago Felipe, Nino, David Braz (Luccas Claro) e Pineida; Wellington, André (Nonato), Martinelli (Jhon Arias) e Nathan (Willian Bigode); Luiz Henrique (Caio Paulista) e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz

Athletico (1) Bento; Khellven, Matheus Felipe, Pedro Henrique e Abner; Hugo Moura, Erick (Marlos) e Matheus Fernandes (Pablo Siles); Canobbio (Vitor Roque), Vitinho (Cuello) e Pablo (Pedro Rocha). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gols: Germán Cano (2) (7’ 1T) (32’ 2T) (FLU); Matheus Felipe (45’ 2T) (CAP)

Cartões amarelos: Jhon Arias, Willian Bigode e Yago Felipe (FLU); Pablo Siles e Cuello (CAP)

Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Éder Alexandre 

Foto Destaque: Germán Cano no duelo entre Fluminense e Athletico-PR. Reprodução/ Marcelo Gonçalves/ Fluminense fc

 

 

Mais Lidas