Money

Com queda de ações da Tesla, Elon Musk fica abaixo dos US$ 200 bilhões

25 Mai 2022 - 16h00 | Atulizado em 25 Mai 2022 - 16h00
Com queda de ações da Tesla, Elon Musk fica abaixo dos US$ 200 bilhões

O bilionário Elon Musk saiu mais uma vez do clube dos que têm a fortuna maior que US$ 200 bilhões, que só tinha ele mesmo como sócio, mas continua sendo o homem mais rico do mundo.

A fortuna do presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, caiu 5,4 nesta terça-feira (24), ficando em US$ 192,7 bilhões (cerca de R$ 925 bilhões) com a forte desvalorização de cerca de 7% das ações da sua montadora de veículos eletrônicos, a Tesla. As quedas da empresa foram maiores aos do índice S&P 500, que lista as maiores empresa listadas em Wall Street.

A fortuna de Musk, de 50 anos, está no seu menor valor desse agosto de 2021, mas o fundador da Space-X e da Tesla ainda é classificado como o homem mais rico do mundo e um dos poucos com mais de US$ 100 bilhões em patrimônio, segundo o ranking da agência Bloomberg. Em segundo lugar se encontra Jeff Bezos, o criador da Amazon, dono de US$ 127,8 bilhões.


Elon Musk movimentou as redes sociais ao proferir ofensas ao corpo administrativo do Twitter. (Reprodução/CNBC)


A última vez em que Musk esteve abaixo dos US$ 200 bilhões foi em março. Foi quando começou uma disputa dos mercados, que aumentou a riqueza de Musk para US$ 288 bilhões, numa evidência da alta volatilidade do patrimônio dos bilionários, baseada em ações de empresas negociadas em bolsa.

Após isso, o bilionário começou a comprar ações do Twitter e logo em seguida adquiriu a rede por completo. A partir desse marco, as ações da Tesla estão vindo abaixo com dúvidas dos investidores sobre os negócios do presidente-executivo. O empresário disse esse mês que o acordo está suspenso até o Twitter mostras provas sobre o número de robôs entre os usuários da plataforma.

 

Foto em destaque: Elon Musk conseguiu fazer a Tesla manter estabilidade e bater metas no período de pandemia. (Reprodução/Brasil de Fato)