Notícias

Confira a programação da primeira noite de desfiles na Sapucaí

20 Abr 2022 - 21h17 | Atulizado em 20 Abr 2022 - 21h17
Confira a programação da primeira noite de desfiles na Sapucaí

Após a pandemia parar por dois anos as atividades do carnaval Brasil à fora, chegou a hora das Escolas de Samba abrilhantarem novamente as passarelas. Na noite desta quarta-feira (20), os portões da Sapucaí abrem e dão início ao tão esperado Carnaval 2022. Os desfiles começarão às 21h, pelo horário de Brasília. 

Conhecida como Escolas da Série Ouro, são formadas por 15 agremiações e todas possuem um tempo de 45 a 55 minutos para desfilar na passarela. A disputa é muito acirrada, já que a campeã desfilará com as Escolas da elite no carnaval seguinte (2023). As agremiações que ficarem em uma pior colocação (penúltimo e último lugar), caem para a Série Prata no próximo ano e desfilam na Intendente Magalhães.


Marquês de Sapucaí (Foto: Reprodução/Prefeitura RJ)


Veja agora quais as Escolas que abrirão os desfiles do carnaval carioca e um pouco da história que constrói os seus enredos. Confira: 

Em cima da hora:

A Escola será a primeira a desfilar na Sapucaí (21h). Seu enredo é uma reedição do ano de 1984: “33 - Destino Dom Pedro ll”, contando a história do trem 33, no qual levava passageiros de Japeri, localizada na Baixada Fluminense, até a estação Dom Pedro ll, hoje chamada Central do Brasil.  

 

Acadêmicos de Cubango (21h45): 

O enredo será uma homenagem à Chica Xavier: “Chica Xavier, a mãe baiana do Brasil”. A agremiação irá relembrar a trajetória da yalorixá, que realizou papéis marcantes e de sucesso no cinema e teatro, além de 50 novelas. 

 

Unidos da Ponte (22h30): 

O enredo escolhido pela terceira escola da noite levará ao Sambódromo o enredo “Santa Dulce dos Pobres – o anjo bom da Bahia” e trará em pauta a importância da solidariedade. O tema será uma homenagem à Irmã Dulce, uma figura importante e muito respeitada na Bahia, após abdicar anos de sua vida em prol do próximo. 

 

União da Ilha (00h): 

A Escola trará um enredo em devoção à Nossa Senhora Aparecida: “O vendedor de Orações”. A agremiação contará a história da Santa brasileira através do milagre da libertação do escravo Zacarias, que, com a sua fé em Nossa Senhora, se viu livre das correntes a caminho do castigo. 

 

Unidos de Bangu (0h45): 

A Escola trará para a Avenida o enredo “Deu Castor na Cabeça”, contando em conjunto a história do bairro, do time de futebol local e do bicheiro Castor de Andrade, uma figura importante nos times das escolas de samba da região.  

 

Acadêmicos do Sossego (1h30):

Encerrando a primeira noite dos desfiles carioca, a Acadêmicos levará ao sambódromo o enredo "Visões Xamânicas", algumas das profecias Indígenas que alertam para o colapso do planeta, caso a humanidade não comece imediatamente a se atentar em preservar meio ambiente.

 

Foto destaque: Reprodução/O Dia