Esportes

Confira o ranking de sócios dos times brasileiros; Atlético-MG lidera

10 Mai 2022 - 15h45 | Atulizado em 10 Mai 2022 - 15h45
Confira o ranking de sócios dos times brasileiros; Atlético-MG lidera

Após o período de isolamento social devido a pandemia da Covid-19 e a suspensão das torcidas nos estádios de futebol no país, o cenário dos sócios torcedores dos times brasileiros é de mudança negativa. No geral, é de queda o panorama dos programas de fidelidade dos clubes.

Na ponta da lista aparece o atual campeão do Brasileirão e da Copa do Brasil. O Atlético-MG possui127.558 sócios torcedores com o programa Galo Na Veia. Atrás vem o clube paulista, Corinthians com 116 mil torcedores associados, segundo a sua assessoria de imprensa.

Mesmo ocupando o último lugar do pódio, o Internacional registrou queda dos seus sócios torcedores deixando a casa dos seis dígitos. Quem também faz parte desse cenário ruim é o Flamengo, que apontou uma queda de mais da metade do número de 2019 para cá. O time carioca passou de 145 mil para 69.175, de acordo com os dados desta segunda-feira.

Aprecem mais atrás, porém registram uma crescente há três anos, são o Ceará e o Fortaleza. Seus planos são mais acessíveis se comparado aos dos rivais da série A.

Confira o Ranking


Bragantino não respondeu até o momento de publicação da reportagem. (Reprodução/Arte/ge)


O grande destaque do ranking é o Coritiba, que registra a alta mais expressiva de todas, com um crescimento de 363% em relação ao ano passado. Em 2021, o time sulista possuía apenas 11 mil torcedores associados, hoje, está perto dos 40 mil sócios, ocupando o nono lugar, logo atrás do São Paulo.

A expectativa da diretoria é de chegar aos 45 mil ainda este ano. O presidente do Coritiba, Juarez Moraes e Silva, disse que é extraordinária a situação. “Considero o que está acontecendo como um fenômeno mundial. Primeiro pelo curto tempo para isso acontecer. Segundo é que o Coritiba não ganhou nenhum grande título nacional no período. Não são esses fatores que levaram os torcedores a serem sócios. Temos uma política de privilegiar o sócio”.

Mesmo na série B, times como o Grêmio, Cruzeiro, Vasco e Bahia registram bons números de sócios torcedores em relação aos times da série A.

 

 

Foto destaque: Reprodução/Infoesporte

Mais Lidas