Saúde e Bem Estar

Confira técnicas e benefícios da respiração controlada

02 Mai 2022 - 20h20 | Atulizado em 02 Mai 2022 - 20h20
Confira técnicas e benefícios da respiração controlada

A respiração controlada reduz o estresse, aumenta o estado de alerta e estimula o sistema imunológico. Praticantes do yoga usam o controle da respiração para promover a concentração e melhorar a vitalidade. A exemplo de Buda, que defendia a prática como forma de alcançar a iluminação.

A ciência está começando a fornecer evidências de que os benefícios desta prática antiga são reais. Estudos descobriram que as práticas de respiração podem ajudar a reduzir os sintomas associados à ansiedade, insônia, transtorno de estresse pós-traumático, depressão e transtorno de déficit de atenção.

Richard Brown, professor de psiquiatria da Universidade de Columbia, diz que A prática pode alterar a resposta do sistema nervoso autônomo do corpo, que controla processos inconscientes, como a frequência cardíaca e a digestão, além da resposta ao estresse do corpo”.

Mudar conscientemente a maneira como você respira envia um sinal ao cérebro para ajustar o ramo parassimpático do sistema nervoso. Assim diminui a frequência cardíaca e a digestão e promove sentimentos de calma, afetando, também, o sistema simpático, que controla a liberação de hormônios do estresse, como o cortisol.

Quando você respira devagar e com firmeza, seu cérebro recebe a mensagem de que tudo está bem e ativa a resposta parassimpática”, explica Brown. “E, ao respirar rápido ou prender a respiração, a resposta simpática é ativada”.

Chris Streeter, professora associada de psiquiatria e neurologia da Universidade de Boston, concluiu recentemente um pequeno estudo no qual mediu o efeito da prática de yoga diária e da respiração em pessoas com diagnóstico de transtorno depressivo maior.

Após 12 semanas, os sintomas depressivos dos participantes diminuíram significativamente e seus níveis de ácido gama-aminobutírico, um químico cerebral que tem efeitos calmantes e anti-ansiedade, aumentaram.

As descobertas foram emocionantes”, disse ela. “Eles mostram que uma intervenção comportamental pode ter efeitos de magnitude semelhante a um antidepressivo”.


Pessoas praticando yoga. (Fotografia: Reprodução/yoga em casa)


Confira abaixo alguns exercícios básicos de respiração:

Respiração coerente

O objetivo aqui é respirar a uma taxa de cinco respirações por minuto, o que geralmente se traduz em inspirar e expirar contando até seis.

1. Sentado ereto ou deitado, coloque as mãos na barriga.

2. Inspire lentamente, expandindo a barriga, contando até cinco.

3. Pausa.

4. Expire lentamente contando até seis.

5. Trabalhe até praticar esse padrão por 10 a 20 minutos por dia.

Alívio de estresse

1. Sente-se ereto no chão ou na beirada de uma cadeira.

2. Coloque as mãos na barriga.

3. Ao inspirar, incline-se para a frente e expanda a barriga.

4. Ao expirar, esprema o ar e curve-se para frente enquanto se inclina para trás; expire até ficar completamente sem ar.

5. Repita 20 vezes.

 

 

Foto destaque: mulher sentada praticando yoga Reprodução/magscan