Saúde e Bem Estar

Conheça os benefícios que a meditação traz para o pós-pandemia

20 Abr 2022 - 17h55 | Atulizado em 20 Abr 2022 - 17h55
Conheça os benefícios que a meditação traz para o pós-pandemia

Um levantamento feito pela OMS (Organização Mundial da Saúde) que teve sua divulgação no mês de março, apontou que houve um crescimento de 25% nos números de pessoas que sofrem com ansiedade e depresão, decorrentes da Pandemia. Este mesmo levantamento ainda indica que jovens e mulheres são os mais atingidos.

Por conta do isolamento social, as pessoas ficaram mais expostas a problemas que já geravam preopupação para as entidade de saúde globais, tais como; depresão e sedentarismo. Como forma de fugir destes problemas, muitos adotaram o Yoga e a Meditação ao cotidiano para se alcançar o equilíbrio e o bem-estar entre o corpo e a mente.


Mulher meditando ao ar livre Reprodução/Freepik


Sara Lazar, neurocientista da Massachusetts General Hospital School e da Harvard Medical School, realizou um estudo que constatou que as pessoas que tinha o hábito de meditar possuíam maior quantidade de massa cinzenta na região do cérebro responsável pelos sentidos. Além disso, também foi descoberto o desenvolvimento maior do cótex frontal, região associada à memória e à tomada de decisões.

Carla Lubisco, mentora de mudanças de hábitos, afirma que uma pausa consciente de 3 minutos para respirar fundo já consegue provocar mudanças no dia a dia. Elas permitem que haja o exercício da percepção da agitação que as pessoas se encontram no momento.

"Eu penso que esses três minutos de respiração profunda darão liberdade para se conseguir fazer escolhas melhores. É importante as pessoas acreditarem e praticarem, porque a meditação te conecta com o seu eu melhor", comenta Carla Lubisco.

Ainda de acordo com Carla, a meditação é uma base que, em conjunto ao exercício físico, ajuda a lidar com o estresse e pode contribir para um sono e alimentação de maior qualidade. 

Segundo Carla, é muito importante a escolha do ambiente certo para a meditação, a especialista recomenda que se dê preferência aos locais onde haja contato com a natureza, para se desconectar do mundo moderno com maior facilidade. Ela ressalta que mais importante do que tudo isso, é começar a pratica independente do local.

 

Foto destaque: Mulher meditando Reprodução/Orientu