Money

Conheça os cinco erros protagonistas das PMEs

16 Dez 2021 - 10h29 | Atulizado em 16 Dez 2021 - 10h29
Conheça os cinco erros protagonistas das PMEs

 

Muitos analistas de negócios perceberam nesse final de ano alguns dos passos em falso que parte dos proprietários dessas pequenas empresas tem dado em falso e que podem comprometer o futuro das mesmas. Se não bastasse a inflação, os desafios que envolvem as contratações, o caos nas cadeias de suprimentos, a visão tenebrosa que os especialistas pintam para 2022 por causas das incertezas trazidas com os ventos da pandemia, a última coisa que pode atrapalhar são as decisões estratégico administrativas.

Uma reportagem da Bloomberg Businessweek indagou aso empresários e alguns consultores quais eram os equívocos mais onerosos que eles ja viram e como lidar com essa situação para reverter o quadro desfavorável.

 

Erro - 1 baixar demais os preços:

Isso pode ser ruim? “Clientes esperam por outra próxima promoção no futuro “, diz Nate Tsang, criador do software Wall Street Zen, que analisa o mercado. “Eles dirão aos amigos para esperarem pela venda de fim de ano e, com o tempo, sua renda no longo prazo diminuirá”.

Dica: “Mantenha os preços estáveis. Se quiser fazer uma promoção de final de ano, introduza novos recursos ou um complemento grátis. Seus clientes apreciarão os extras, mas não contarão com promoções programadas” 

 

Erro - 2 desconsiderar a demanda sazonal:

“Muitas pessoas compram sazonalmente. Quando uma PMEs não considera criar produtos ou ofertas para esta época, perde a chance de ganhar dinheiro”, afirma Melanie Paterson, analista de marca. 

Dica: Programe os estoques ou serviços sazonais, E, se fizer sentido para seu negócio, planeje seu negócio, planeje as ofertas de ano novo com antecedência. Algumas pessoas gostam de fazer compras antes de a temporada começar”, diz Paterson.


E agora José? Qual é a melhor estratégia para não tomar a decisão errada e ficar no prejuízo? (Foto: Reprodução/Exame).


Erro - 3 pausar campanhas de marketing:

“A prática é comum em empresas que vendem a outras empresas (as B2B). Muitas PMEs desaceleram o marketing porque acham que seus clientes se entreterão com os feriados”, diz, Diane Lam. Para ela o resultado dessa atitude é um janeiro bem mais lento nas vendas.

Dica: “Mantenha todas as ações funcionando, especialmente as contratações. Agora é o momento perfeito para entrar nisso para que sua equipe possa recomeçar em janeiro”, afirma Lam.

 

Erro - 4 bombardear ofertas em redes sociais:

“Isso sabota esforços para ter seguidores fiéis. Divulga-se pouco nas férias. Os usuários do Facebook querem diversão; no LinkedIn dados de negócios; in Intagram, imagens sobre a empresa.”, diz Kyle Dulay, CEO do Collabstr.

Dica: “Vá com tudo em um ou dois canais para construir um público forte. É possível, então, comercializar diretamente para esse público em vez de comprar anúncios”, analisa Dulay.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/A-era-Figital-chegou-para-ficar-a-harmonia-entre-lojas-fisicas-e-e-commerce

https://inmagazine.ig.com.br/post/Saiba-as-melhores-opcoes-para-investir-em-2022-e-fique-longe-dos-riscos

https://inmagazine.ig.com.br/post/CEO-da-Sony-Music-Paulo-Junqueiro-fala-sobre-futuro-da-musica


Erro - 5 deixar de monitorar grandes concorrentes:

“As grandes empresas definem expectativas. Grandes varejistas promovem anúncios com antecedência. As pequenas empresas deveriam fazer o mesmo.”, afirma Kenya Adams, diretora da pantyBuddy, linha de produtos para o banho.

Dica: Se os lideres do setor estão fazendo alguma coisa para ser diferente, i melhor que você tem a fazer é tentar inovar igual aos grandes, seguir tendencias de sucesso é um sinal de humildade e inteligência. 

 

Foto destaque: Reprodução/Exame.