Esportes

Conheça os oito estádios da Copa do Mundo de 2022, no Catar

01 Abr 2022 - 14h57 | Atulizado em 01 Abr 2022 - 14h57
Conheça os oito estádios da Copa do Mundo de 2022, no Catar

O maior evento do futebol está perto de acontecer. De 21 de novembro a 18 de dezembro, o mundial de seleções acontecerá no Catar, sendo essa a primeira vez que um país árabe irá receber o torneio. Os amantes do esporte no mundo estão à espera dos encontros, na expectativa de ver grandes jogadores se enfrentando, dessa vez defendendo suas nações. Todo grande espetáculo precisa de um grande palco, aqui estão as arenas que servirão de cenário para os combates:

Estádio Al Thumama


Estádio Al Thumama no Catar. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


É um dos estádios construídos para sediar a Copa e está localizado perto do Aeroporto Internacional de Hamad. A arquitetura da obra se inspira na tradicional touca gahfiya, um chapéu habitualmente usado por homens e meninos muçulmanos em toda região do Oriente Médio. Também está atrelado à ecologia, e se compromete em utilizar água reciclada para irrigar áreas verdes, e assim economizar 40% a mais de água. Tem 50.000 km² e conta com capacidade de 40 mil lugares.

Estádio Al Janoub


Estádio Al Janoub no Catar. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


É o segundo estádio projetado para sediar a Copa, anteriormente conhecido como Al Wakrah, localizado na cidade de Al Wakrah. O palco tem capacidade para 40 mil espectadores, e após a Copa do Mundo será reduzida para 20 mil, onde os outros 20 mil assentos serão doados a projetos de desenvolvimento de futebol em outros países. A aparência do telhado foi inspirada nas velas dos tradicionais barcos Dhow, utilizados por mergulhadores de pérolas da região.

Estádio Al Bayt


Estádio Al Bayt. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


Localizado em Al Khor, será o palco para o jogo de abertura da competição e receberá partidas até as semifinais. Tem capacidade para 60 mil pessoas e é inspirado pelas tendas tradicionais dos nômades da região. O estádio possuirá suítes de hotel luxuosas com vista para o campo de futebol. Ao decorrer do campeonato, a parte superior da bancada será removida e doada a países que precisam de infraestrutura para o desenvolvimento do futebol.

Estádio Ahmed bin Ali


Estádio Ahmed bin Ali. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


Casa do popular clube Al Rayyan é um dos símbolos de união da cultura do Catar e sua comunidade. O local conta com sistemas tecnológicos de resfriamento e proteção por cobertura para todos os 40 mil atendentes.

Estádio Cidade da Educação


Estádio da Educação. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


A obra está cercada de associações esportivas prédios acadêmicos, focando na acessibilidade. Tem capacidade para mais de 45 mil espectadores é possui 20% de materiais verdes em sua construção, tornando-o um dos palcos de futebol mais sustentáveis do mundo.

Estádio 974


Estádio 974. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


Anteriormente conhecido como Estádio Ras Abu Aboud, com capacidade para cerca de 40 mil espectadores, procura trazer um pouco do comércio internacional com o design feito de containers de navios. O número 974 é o código internacional telefônico do Catar.

Estádio Internacional Khalifa


Estádio Internacional de Khalifa. (Reprodução: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy)


Localizada em Doha, é uma arena multiuso com capacidade de cerca de 40 mil atendentes para a Copa, e já sediou eventos importantes como o Mundial de Clubes de 2019, Mundial de Atletismo e a Copa da Ásia em 2011.

Estádio Lusail


Estádio Lusail, sede da final da Copa. (Reprodução: AFL Architects)


Com capacidade para 80 mil pessoas, o estádio de Lusail será a sede para a final da Copa do Mundo do Catar de 2022. Promete incorporar a ambição do Catar e compartilhar a cultura árabe. A obra será o centro da nova metrópole construída. A fachada inclui peças de arte da cultura islâmica e árabe acompanhando suas gerações.

Foto destaque: Estádio Lusail. Reprodução: REUTEURS.