Notícias

Conselho de Ética da ALESP aprova pedido de cassação de Arthur do Val

13 Abr 2022 - 08h15 | Atulizado em 13 Abr 2022 - 08h15
Conselho de Ética da ALESP aprova pedido de cassação de Arthur do Val

Foi aprovada na ALESP nesta última terça-feira (12), o pedido de cassaçao do mandato do deputado estadual Arthur do Val, por quebra de decoro parlamentar, após vazamento de áudios com conteúdo machista dito por Arthur. 

Todos os nove membros conselho acataram o parecer do relator Delegado Olim, (PP), o processo foi aberto contra o deputado e seguirá agora para aprovação em plenário em forma de projeto de lei. A perda do mandato só poderá ocorrer, de fato, se a maioria dos 94 deputados estaduais de SP votem a favor do projeto.

Em meio a protestos

A sessão foi marcada por diversos tumultos. Militâncias do MBL (Movimento Brasil Livre), que Arthur faz parte compareceu a reunião com cartazes e gritos a favor de Arthur do Val. Policiais militares fizeram a segurança no local para evitar que tivesse início alguma confusão.


Manifestantes do MBL na ALESP gritando não a cassação (Foto:Reprodução/G1)


Nas gravações de áudio Arthur do Val, também conhecido na internet como Mamãe Falei, ele afirma que as ucrânias “são fáceis porque são pobres”.

Ao fim da sessão, do Val pediu desculpas, disse que errou feio, mas que a cassação pode ocorrer por conta de perseguição política.

“Eu errei mesmo, foi um erro grave. Eu tive que assumir as consequências pessoais desse erro. Fiquei destruído, tomando remédio para dormir, para acordar, para comer. Não é pelo o que falei, é por quem eu sou”, avaliou do Val.

Na segunda (11), Arthur do Val falou sobre a possibilidade de ser cassado, mas afirmou que iria "cair atirando". A declaração aconteceu durante entrevista ao canal “Inteligência Ltda”, no YouTube.

“Eu fui meio que tirado porque eu vou ser cassado amanhã. Eu vou ser cassado amanhã. Tem [grandes possibilidades]. Então, eu vou para cima e vou falar a minha versão. E vou cair atirando. Se for para cair, vou cair atirando. Se cortarem a minha cabeça, vai (sic) nascer três no lugar. A gente sabe que não é sobre o que eu falei, e sim sobre quem eu sou,” disse Arthur na entrevista.

 

Foto Destaque: Reprodução/Yahoo.