Saúde e Bem Estar

Covid-19: 58,65% dos brasileiros estão completamente imunizados contra a doença

14 Nov 2021 - 10h55 | Atulizado em 14 Nov 2021 - 10h55
Covid-19: 58,65% dos brasileiros estão completamente imunizados contra a doença

No último sábado (13), foram informados os dados de vacinação no Brasil, pelo consórcio de veículos de imprensa às 20h. O levantamento diz que a população brasileira que completou o esquema vacinal contra a Covid-19, tomando as duas doses da vacina ou a dose única equivale a 58,65%, representando dessa forma 125.101.796 brasileiros completamente imunizados pela doença.


Mais de 125 milhões de brasileiros tomaram a segunda dose ou dose única da vacina contra a Covid-19, o que representa mais de 58% da população completamente imunizada.(Foto: Reprodução/Fernando Zhiminaicela/Pixabay)


A população que tomou a primeira dose de algum imunizante contra a Covid-19 e dessa forma estão parcialmente imunizados contra a doença são de 156.830.489, esse número representa 73,52% dos brasileiros.

Ainda segundo o consórcio de veículos de imprensa, o público que recebeu a dose de reforço contra o coronavírus foi de 5,53%, o que representa 11.792.917 pessoas.

https://inmagazine.ig.com.br/post/OMS-alerta-para-a-dificuldade-de-pessoas-diabeticas-terem-acesso-a-insulina

https://inmagazine.ig.com.br/post/Covid-19-farmaceutica-Pfizer-entra-com-solicitacao-na-Anvisa-para-imunizar-criancas-contra-a-doenca

https://inmagazine.ig.com.br/post/Segundo-pesquisa-mulheres-que-amamentam-estao-mais-protegidas-contra-Alzheimer

Fazendo o somatório dos dados sobre a primeira e segunda dose, dose única e a de reforço chega a um resultado de 293.725.202 aplicações da vacina contra a Covid-19, desde o início da vacinação.

Os dados de imunização é a resposta da união dos consórcios de veículos de imprensa, composto pelo portal “G1”,“ O Globo”, “O Estado de São Paulo”,“ Extra”, “Folha de São Paulo” e pelo UOL.

Foi em junho do ano passado que o consórcio de veículos de imprensa foi composto. Se formou em resposta a restrição de acesso às informações sobre a pandemia feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.  Os dados informados pelo consórcio divulgam o número de pessoas que morreram pela Covid-19, a quantidade de contaminados pela doença e a média móvel, onde é possível verificar as informações da pandemia do coronavírus nos estados. Mostrando se houve aumento, redução ou estabilidade.

 

Foto destaque: Reprodução/ DoroTSchenk/Pixabay