Notícias

Covid-19: Rio de Janeiro flexibiliza distanciamento e capacidade máxima em cinemas e teatros

22 Out 2021 - 19h48 | Atulizado em 22 Out 2021 - 19h48
Covid-19: Rio de Janeiro flexibiliza distanciamento e capacidade máxima em cinemas e teatros

Nesta última segunda-feira (18), a cidade do Rio de Janeiro decretou que museus, teatros, cinemas e bibliotecas poderão funcionar com capacidade máxima e sem obrigatoriedades em seguir uma das medidas de prevenção a Covid-19, o distanciamento social. Esta foi uma medida tomada pelo Diário Oficial do município que se contrapõe ao seu último decreto, de 16 de setembro deste ano, que anunciava ser necessário o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas e no máximo 70% de sua capacidade máxima.

https://inmagazine.com.br/post/Nova-mutacao-do-coronavirus-Ay42-pode-oferecer-alto-indice-de-transmissao

https://inmagazine.com.br/post/CPI-descarta-crime-de-genocidio-aos-povos-indigenas-em-relatorio-final

https://inmagazine.com.br/post/India-alcanca-um-bilhao-de-doses-aplicadas-contra-a-Covid-19

No entanto, mesmo que a medida tenha flexibilizado o distanciamento social obrigatório, o uso do álcool em gel e de máscaras permanece sendo indispensável, como também a carteirinha de vacinação contra a Covid-19 em dia. Entretanto, somente quando 65% de toda a população carioca estiver completamente vacinada que as boates, danceterias e salões de dança poderão reabrir legalmente. Até o momento somente 59,1% da população foi totalmente vacinada. Além disso, a capacidade de pessoas em estádios de futebol e ginásios poderá chegar a 50%.

LEIA MAIS


Operações da Prefeitura e da Vigilância Sanitária fiscalizam festas em boates durante pandemia de Covid-19 Foto: Brenno Carvalho em 13/02/2021 / Agência O Globo


Daniel Soranz, secretário municipal de Saúde, tem previsões esperançosas para o município atingir a margem dos 65% de vacinados. Segundo o político, esse índice deve ser atingido até a próxima terça-feira (26).

Para além dos fatores culturais, as atividades lucrativas e de prestação de serviços dentro dos próprios centros comerciais (shoppings) também estarão inclusas na decisão, como casa de festas, restaurantes, bares, salão de jogos, circo, recreação infantil, parque de diversões, drive-in, feiras, congressos, entre outras opções.

Confira a lista completa dos locais liberados para sua capacidade maxima segundo o portal de noticias, Extra.

  • shopping centers

  • centros comerciais

  • galerias de lojas

  • museu

  • biblioteca

  • cinema

  • teatro

  • casa de festa

  • salão de jogos

  • circo

  • recreação infantil

  • parque de diversões, temáticos e aquáticos

  • pista de patinação

  • entretenimento

  • visitações turísticas

  • aquários

  • jardim zoológico

  • atividades em casas de espetáculo e concerto

  • apresentações artísticas em espaços de evento

  • drive-in

  • feiras e congressos

  • exposições

  • eventos com autorização da prefeitura

Foto Destaque: Prefeitura do Rio libera lotação máxima em cinemas, teatros e shoppings. Reprodução/Prefeitura do RJ/CP