Cinema/TV

Criadoras de "The Unofficial Bridgerton Musical" são processadas pela Netflix

31 Jul 2022 - 19h37 | Atulizado em 31 Jul 2022 - 19h37
Criadoras de

Uma das principais séries nos últimos anos da Netflix, Bridgerton, se tornou motivo pra uma briga judicial entre a gigante streaming e Abigail Barlow e Emily Bear (Barlow & Bear), que são criadoras de um musical que foi inspirado pela série. Com o título ‘The Unofficial Bridgerton Musical’, a peça teve sua apresentação em Washington, nos Estados Unidos, usando os diálogos, personagens e situações da série e, de acordo com o streaming as idealizadoras se recusaram a chegar em um acordo com a dona dos direitos de adaptação da obra de Julia Quinn.

A Netflix apoia a criação de conteúdo por parte dos fãs, mas Barlow & Bear deram muitos passos adiante, buscando criar receita para si sem permissão formal para utilizar a marca Bridgerton”, afirmou a Netflix através de um porta-voz. “Tentamos muito trabalhar com a Barlow & Bear, e elas se recusaram a cooperar. Os criadores, elenco, roteiristas e equipe deram seus corações e almas em Bridgerton e estamos tomando medidas para proteger seus direitos”.

Julia Quinn, autora dos livros que foram a inspiração para a série, se manifestou sobre o ocorrido, dizendo que gostou da ideia original de Barlow & Bear, feito inicialmente para o TikTok, porém disse que existe uma diferença entre compartilhar as músicas em plataformas e vendê-las sem a permissão dos autores originais. “Espero que elas entendam a necessidade de proteger a propriedade intelectual de outros profissionais, incluindo os personagens e histórias que criei nos romances de Bridgerton há mais de vinte anos”.


Post do musical inspirada na série 'Bridgerton' (Foto: Reprodução/Instagram)


Até então Barlow & Bear não se manifestaram oficialmente sobre o caso.

A terceira temporada de Bridgerton já está sendo gravada, e tem como nova showrunner e produtora-executiva Jess Brownell de ‘Scandal’ e ‘Inventando Anna’. Ela irá assumir o posto de Chris Van Dusen, que saiu após a segunda temporada. Ele vai permanecer como produtor-executivo junto com Shonda Rhimes, Betsy Beers e Tom Verica.

Atualmente as duas primeiras temporada já estão disponíveis na plataforma.

 

Foto destaque: Família Bridgerton. Reprodução/Netflix