Money

Criptomoedas chegam ao Super Bowl antes dos que disputam a NFL

24 Dez 2021 - 23h59 | Atulizado em 24 Dez 2021 - 23h59
Criptomoedas chegam ao Super Bowl antes dos que disputam a NFL

 

As gigantes da corretagem de criptoativos, FTX e Crrypto.com abriram caminho e conquistaram espaços publicitários no lugar mais cobiçados pelas marcas do mundo na tv norte-americana, o dia do Super Bowl, considerado o maior evento esportivo do ano nos Estados Unidos, a grande final da National Footbal League (NFL) acontece em fevereiro de 2022.

As corretoras de criptomoedas FTX e Crypto.com veicularão campanhas publicitárias durante o evento do Super Bowl LVI, no dia 13 de fevereiro. As duas empresas se dedicaram com galhardia para conseguir uma brecha de entrada no mercado americano.


Só maiores se garantem no Super Bowl, é o que diz a lenda. (Foto: Reprodução/MundoCriptomoeadas)


Para se ter uma noção do investimento realizado pelas duas companhias, intervalos da final da NFL são conhecidos por serem os segundos mais caros da tv mundial, suas taxas estão acima dos U$$ 5 milhões, e é isso mesmo que você vai ler, por 30 segundos de exposição da figura de sua marca, para o universo. Muitos patrocinadores não medem esforços e desembolsam até U$$ 6,5 milhões pelo mesmo tempo de exibição.

A Crypto.com fez recentemente um anúncio de parceria com o Angel City Football Club, nova equipe que tem chances de estrear nos Estados Unidos no ano que vem. A corretora também se esforça para conquistar os direitos para o nome do Staples Center em Los Angeles, A Crypto comprou pelo valor de U$$ 700 milhões e direito de uso por 20 anos. Mas ao que parece a corretora vai mudar e passará de Staples Center para Crypto.com Arena a partir de hoje, 25 de dezembro de 2021.

Um anúncio oficial do cofundador e CEO da Crypto.com, Kris Marszalek, informou que está usando sua plataforma de formas novas e criativas com o intuito de que as criptomoedas possam propulsar o amanhã dos esportes, da tecnologia e do entretenimento em todo o planeta.



A FTX por sua vez prioriza e dedica uma boa parte do seu orçamento voltado para publicidade com o objetivo de consolidar o reconhecimento e a credibilidade da marca dentro dos EUA. No mês de outubro , a corretora anunciou que veicularia um comercial no Super Bowl LVI. E ela foi além quando divulgou que o astro de futebol americano Tom Brady, quarterback do Tampa Bay Buccaneers e considerado o melhor de todos os tempos na NFL, junto com a Über Model Gisele Bündchen estavam em uma de suas campanhas publicitarias, essa custou U$$ 20 milhões.

No começo de 2021  a FTX também garantiu os direitos de nome de um estádio americano. Dizem que a corretora desembolsou o valor de U$$ 135 milhões para fazer um contrato de 19 anos que daria a condição contratual para a mudança do nome da arena do Miami Heat para FTX arena.

O ano de 2020 foi o ano do Blockchain no Super Bowl, que invadiu a final com seus tokens não-fungíveis (NFTs). O Avocados from Mexico, grupo comercial sem fins lucrativos, colocou NFTs em sua campanha publicitária. Assim, seus usurários poderiam fazer coletas de abacates digitais e ganhar recompensas baseadas em blochain.

A chefe de marketing digital da Avocados From Mexico, Ivone Kinser, informa que os resultados foram satisfatórios. Ela disse que foram entregues 3,2 bilhões de impressões sociais através da publicidade.

Foto destaque: Reprodução/Cointelegraph