Notícias

Cruz Vermelha inicia operação de evacuação em Mariupol

01 Mai 2022 - 17h00 | Atulizado em 01 Mai 2022 - 17h00
Cruz Vermelha inicia operação de evacuação em Mariupol

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha está trabalhando ao lado da Organização das Nações Unidas, em operação para retirar as pessoas de Mariupol e da usina siderúrgica Azovstal; a informação foi divulgada pela própria entidade.


Foto de prédios na região de Mariupol. Reprodução/Twitter.

 


 

“O CICV confirma que uma operação de passagem segura está em andamento, em coordenação com a ONU e as partes em conflito. O comboio de evacuação de civis começou em 29 de abril, percorreu cerca de 230 quilômetros e chegou à usina de Mariupol na manhã de sábado, hora local, segundo o comunicado.

O CICV insiste no fato de que nenhum detalhe pode ser compartilhado até que a situação permita, pois isso pode comprometer seriamente a segurança dos civis e do comboio. Autoridades locais relevantes estão se comunicando com os civis sobre detalhes práticos”.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, confirmou em suas redes sociais neste domingo (1) que a evacuação civil de Azovstal começou.



 

O conselho da cidade comentou no domingo que havia uma chance de evacuar civis da cidade sitiada de Mariupol, e que as pessoas se reunissem às 16h na hora local (às 10h de Brasília) perto de um centro comercial chamado “Port City”, com o objetivo de  evacuá-los para a região sul de Zaporizhzhia.

“Se você tem parentes ou conhecidos em Mariupol, tente contatá-los de todas as maneiras. Ligue, mande mensagem e diga que é possível ir a Zaporozhzhia, onde é seguro (...) “Oramos para que tudo funcione”, disse o Conselho pelo Telegram.

Mariupol é o local onde a siderúrgica Azovstal está localizada, a qual foi submetida a violento bombardeio russo nas últimas semanas. Estima-se que centenas de pessoas estejam dentro do complexo siderúrgico.

No domingo, agências de notícias estatais russas divulgaram que 46 civis foram evacuados das proximidades da usina, citando o Ministério da Defesa russo.

 

Foto em destaque: Mariupol em meio de operação. Reprodução/ BBC.

Mais Lidas