Esportes

De virada, Fluminense vence o Vila Nova pela Copa do Brasil

20 Abr 2022 - 08h35 | Atulizado em 20 Abr 2022 - 08h35
De virada, Fluminense vence o Vila Nova pela Copa do Brasil

Na noite desta terça-feira (19), em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil, o Fluminense fez sua estreia na competição contra o Vila Nova e venceu por 3 a 2 em um jogo dramático. Pelo lado Tricolor, Ganso, Cano e Fred marcaram os gols. Pelo time goiano, Rafael Donato e Pablo Dyego marcaram.

Com pouca torcida no Maracaña e com um primeiro tempo ineficiente, o Flu foi dominado e chegou a ficar dois gols atrás no placar. Mas, principalmente depois das entradas de Caio Paulista e Ganso, o time das Laranjeiras melhorou e tiveram que mostrar força no segundo tempo para vencer a partida.

Com um primeiro tempo eficiente, o Vila Nova surpreendeu e foi superior. Com uma boa postura defensiva e agressivo nos contra-ataques, a equipe goiana acertou na estratégia, conseguiu neutralizar as principais investidas do Fluminense e saiu na frente no placar com Rafael Donato após cobrança de escanteio. O Fluminense seguiu sem criatividade. André e Arias não conseguiam achar os atacantes, que acabaram sendo pouco acionados. Torcedores presentes no Maracanã vaiaram bastante a equipe e o técnico Abel Braga.


Fred beija o escudo do Fluminense após o gol (Foto: Reprodução/André Durão)


No intervalo, o técnico Abel Braga mudou a equipe e veio com Caio Paulista e Ganso nas vagas de Luiz Henrique e Jhon Arias para tentar melhorar a dinâmica. O time da casa até teve uma boa chance, mas o Vila Nova ampliou. Aos 11 minutos, Alex Silva recebeu a bola na direita, carregou com liberdade e invadiu a área, cruzando rasteiro para encontrar Pablo Dyego. Criado em Xerém, o atacante não comemorou.

Nessa altura, a torcida já estava sem paciência e cantava “time sem vergonha” e “olé” quando o adversário trocava passes, mas o cenário mudou. Aos 16 minutos, Willian recebeu de Caio Paulista na esquerda, tentou um drible e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti, os jogadores do Vila Nova reclamaram bastante, mas Ganso foi para a cobrança e diminuiu para o Fluminense.

Aos 27 minutos, Germán Cano, que estava há quatro jogos em jejum, empatou o placar depois de receber bola cruzada de Marlon dentro da pequena área. Fred, que substituiu Willian Bigode, desencanta e se destaca por marcar o gol da virada e seu primeiro do ano aos 42 minutos. Com este gol, Fred se tornou o maior artilheiro da história na competição com 37 gols, ultrapassando nada mais nada menos que Romário.

Vila Nova e Fluminense voltam a se enfrentar no dia 11 de maio, às 21h30 (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia. O Flu vai jogar por um empate para se classificar. As duas equipes voltam a campo no próximo sábado, às 19h (de Brasília). O Fluminense enfrenta o Inter no Maracanã pelo Brasileirão, enquanto o Vila Nova visita o Ituano pela Série B.

Foto Destaque: Jogadores do Fluminense comemorando a virada. Reprodução/Mailson Santana/Fluminense