Esportes

Depois de 19 anos de carreira, Fred se despede dos gramados

09 Jul 2022 - 15h30 | Atulizado em 09 Jul 2022 - 15h30
Depois de 19 anos de carreira, Fred se despede dos gramados

O torcedor do Tricolor das Laranjeiras ainda não está preparado para o adeus de Fred, mas ele chegou. O camisa 9 se despede dos gramados neste sábado contra o Ceara às 19h (de Brasília), no estádio do Maracanã. Em dia de homenagens e muito emoção, vale lembrar da brilhante carreira do artilheiro, que irá se aposentar aos 38 anos.

Gols na carreira

Dos mais de 400 gols que marcou na carreira, 199, até o momento, foram com a camisa do Fluminense. O segundo clube que Fred mais balançou as redes foi o Cruzeiro com 81 gols, seguido por Lyon com 43 gols, Atlético-MG com 42 gols e América-MG com 34 gols. Pela seleção brasileira foram 18 gols.


Fred comemorando gol com a camisa da seleção brasileira. (Reprodução/CBF)


O atleta desde de sua estreia em 2003 marcou 201 gols em competições nacionais, como Brasileirão (Séries A e B) e Campeonato Francês. Foram 117 gols em campeonatos estaduais e regionais, além de gols em competições internacionais, incluindo dois em Copas do Mundo.

Fred balançou a rede em estreis em todos os clubes que passou. Além do América-MG, marcou também nas primeiras partidas por Cruzeiro, Lyon, Fluminense e Atlético-MG. Porem não teve a mesma estrela nas reestreias. Passou em branco pelo Cruzeiro e pelo Tricolor na volta aos clubes.

Títulos e Marcas

Fred colecionou títulos por onde passou. Começando por sua passagem na Europa o artilheiro emplacou três títulos seguidos do Campeonato Francês pelo Lyon nas temporadas 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008 e um titulo da Copa da França também na temporada 2007/2008.

Pelo Atlético-MG o jogador conquistou apenas o Campeonato Mineiro em 2017, o seu único troféu no clube em sua passagem em 2017. No ano seguinte Fred retorna para o Cruzeiro e conquista duas vezes o campeonato mineiro e a Copa do Brasil em 2018, em cima do Corinthians.

Pelo Flu o goleador conquistou um título brasileiro logo após um milagre em 2009, onde o time carioca conseguiu escapar do rebaixamento mesmo com 99% de chances de cair para a Serie B. O título veio na última rodada do campeonato do ano seguinte, com um gol dramático de Sheik, colocando um fim na fila de 26 anos de jejum sem um campeonato brasileiro para o clube.  Em 2012 teve seu ano magico pelo fluminense. Começou conquistando a Taça Guanabara em cima do Vasco, no qual o atacante marcou dois gols sobre o cruzmaltino. Logo depois veio o Campeonato Carioca, conquistado contra o Botafogo, com o Fred marcando um golaço de bicicleta, considerado um dos mais bonitos de sua carreira.


Fred em sua temporada magica pelo Fluminense em 2012. (Reprodução/ Fluminense FC)


Finalizando com o segundo titulo brasileiro de 2012 sendo o artilheiro da competição com 20 gols anotados sendo dois deles no jogo que decretou o tetracampeonato para o Flu, contra o Palmeiras.

Pela seleção brasileira, ganhou 4 títulos. A Copa américa de 2007, o Superclássico das américas em 2011 e 2012 e a Copa das Confederações de 2013.

Fred é o segundo maior artilheiro do fluminense de todos os tempos, atras de Waldo. Levando em consideração apenas os jogos de competições oficiais, o centroavante é o maior goleador da história tricolor.

O jogador também é o atleta que fez mais gols desde que o Campeonato brasileiro passou a se disputado por pontos corridos. Se isolando do segundo colocado Diego Souza, Fred tem 158 gols marcados. O camisa 9 é o vice-artilheiro do Brasileirão de todos os tempos, só atras do Roberto dinamite com 190 gols.

Fred se tornou o Maior artilheiro da história da Copa do Brasil com 37 gols, ultrapassando o baixinho Romário, após marcar na vitória do Fluminense contra o Vila nova por 3 a 2 no Maracanã. O centroavante também detém o recorde de gols em uma única edição da competição, em 2005, quando balançou as redes 14 vezes pelo Cruzeiro.

 

Foto destaque: Fred comemorando seu gol contra o Corinthians no maracanã. Reprodução/ Fluminense FC.