Esportes

Depois de três anos e meio, Gabriel Jesus fica fora dos convocados para a seleção brasileira

12 Mar 2022 - 14h37 | Atulizado em 12 Mar 2022 - 14h37
Depois de três anos e meio, Gabriel Jesus fica fora dos convocados para a seleção brasileira

Recuperado de lesão, o atacante atuou em apenas três partidas desde o seu retorno ao Manchester City. A última vez que Jesus havia ficado fora dos convocados de Tite foi em agosto de 2018 após a Copa do Mundo da Rússia, em amistosos contra os Estados Unidos e El Salvador. Em 2019, ele também ficou fora dos jogos contra Colômbia e Peru, porém, o motivo foi uma suspensão.


 

Gabriel Jesus na Copa América 2021 (Reprodução/Ricardo Moraes)


Gabriel Jesus esteve presente em 22 das 28 listas do técnico Tite. Era o terceiro atleta que mais apareceu entre os convocados, até então. Atrás apenas de dos zagueiros Marquinhos (25) e Thiago Silva (23) e ao lado do goleiro Alisson (22). A ausência entre os escolhidos de Tite é significativa tendo em vista o ano tão importante para garantir a vaga entre os convocados para a Copa do Mundo do Catar.

Recuperado de lesão, o atacante voltou aos gramados há cerca de duas semanas e disputou três partidas. Esteve entre os titulares contra Peterborough, pela Copa da Inglaterra, e Sporting, na Liga dos Campeões, também entrou no segundo tempo do confronto diante o Everton, pela Premier League. Na atual temporada, disputou 28 jogos com o Manchester City, fez seis gols e deu nove assistências. Na seleção, Jesus amarga um grande jejum, não balança as redes com a amarelinha desde a Copa América de 2019, porém, é o segundo maior artilheiro da era Tite com 18 gols, atrás apenas de Neymar, que anotou 26 tentos.

Em uma entrevista na última semana a TNT Sports, o técnico da seleção brasileira revelou que o atacante teve uma queda significativa de seus índices de força: "A lesão do Gabriel prejudicou ele, ele caiu em torno de 20% dos dados, que são os níveis de força dele. O Gabriel é um jogador de toque, aceleração e de alternância de ritmo, isso é parte de ele e de seu desenvolvimento", explicou Tite.

 

 

Foto destaque: Gabriel Jesus durante a Copa América 2021. Reprodução/Lucas Figueiredo-CBF.

Mais Lidas