Esportes

Didi Louzada é suspenso por 25 jogos da NBA após ser pego no exame antidoping

19 Nov 2021 - 23h30 | Atulizado em 19 Nov 2021 - 23h30
Didi Louzada é suspenso por 25 jogos da NBA após ser pego no exame antidoping

O brasileiro Didi Louzada, ala-armador do New Orleans Pelicans, testou positivo para testosterona e drostanolona violando o código antidoping da Liga de Basquete Americana e foi suspenso por 25 jogos da NBA e da Liga de Desenvolvimento, onde estava atuando pelo Pelicans G’League.


 

 (Foto: Reprodução/Glenn James/NBAE via Getty Images)


Didi, 22 anos, afirmou que não fez o uso das substâncias intencionalmente, e que foram ingeridas através de suplementos indicados por sua nutricionista durante o período de férias no Brasil: “Como a nutricionista tem um histórico de trabalhar com atletas profissionais, eu nunca imaginei que alguma dessas substâncias era banida ou poderia estar contaminada. Quando eu soube do resultado positivo, eu imediatamente cooperei completamente com a Liga (NBA) para ajudar a todos nós entendermos o que exatamente aconteceu. Assumo minha responsabilidade nesta situação, lamento profundamente que isso tenha acontecido e peço desculpas ao meu time, meus companheiros e aos fãs do Pelicans por esse erro”, explicou o ala-armador por meio de um comunicado oficial divulgado à imprensa.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Curry-e-exaltado-apos-nova-atuacao-espetacular-na-NBA

https://inmagazine.ig.com.br/post/FIFA-muda-formato-da-repescagem-para-a-Copa-do-Mundo-de-2022-que-agora-sera-em-jogo-unico

https://inmagazine.ig.com.br/post/Oscar-Tabarez-e-demitido-da-selecao-uruguaia-apos-15-anos

O atleta começou a carreira na Liga Urbana Social de Basquete, um programa social do Espírito Santo e se destacou atuando pelo Sesi-Franca no Brasil onde chegou à seleção. Em 2019 se inscreveu no draft da NBA, quando foi selecionado como a 36ª escolha do Atlanta Hawks, porém, foi envolvido em uma troca para o New Orleans Pelicans. Depois do draft, os Pelicans cederam o jogador para o Sidney Kings, da Austrália, onde foi inserido no programa internacional de desenvolvimento atuando pela NBL, tendo no contrato a cláusula que permitia uma avaliação anual junto ao New Orleans Pelicans. Na Liga Australiana, Didi jogou por dois anos e chamou atenção da franquia de New Orleans, assim, foi contratado para participar do restante da temporada 2020/21. O ala-armador fez apenas 5 jogos na NBA desde então, com isso, acabou indo para o Pelicans G’League,franquia filiada ao New Orleans Pelicans, onde disputava a Liga de Desenvolvimento na atual temporada.

 

Foto destaque: Reprodução/Pixabay