Notícias

Dinheiro esquecido: hoje é dia de repescagem para quem nasceu até 1968

12 Mar 2022 - 15h27 | Atulizado em 12 Mar 2022 - 15h27
Dinheiro esquecido: hoje é dia de repescagem para quem nasceu até 1968

Neste sábado (12) é o dia para nascidos até 1968 resgatarem seu dinheiro esquecido em bancos. O prazo inicial para este grupo era na segunda feira passada (14) e sexta (11), mas quem esqueceu da data, ainda pode realizar as transações.

A estimativa é que pelo menos R$ 8 bilhões serão devolvidos para a população e empresas, sendo R$ 4 bilhões somente nesta primeira fase. A próxima fase está prevista para maio.

Para acessar o site do Valores a Receber e consultar o dinheiro disponível, é necessário ter cadastro no sistema do governo federal Gov.Br

Depois, é só seguir o passo a passo a baixo:

 

Passo 1

Acessar o site valoresareceber.bcb.gov.br 

Passo 2

Faça login com a conta Gov.br (nível prata ou ouro).

Se ainda não tiver conta nesse nível, deve fazer o cadastro ou aumentar o nível de segurança (no caso de contas tipo bronze) no site ou no aplicativo Gov.br

O BC aconselha o correntista a não deixar para criar a conta e ajustar o nível no dia de agendar o resgate.

Passo 3

Leia e aceite o termo de responsabilidade.

Passo 4

Verifique o valor a receber, a instituição que deve devolver o valor e a origem (tipo) do valor a receber. O sistema poderá fornecer informações adicionais, se for o caso.

Passo 5

Clique na opção indicada pelo sistema:

   • "Solicitar por aqui": para devolução do valor via Pix, em até 12 dias úteis. O usuário deverá escolher uma das chaves Pix, informar os dados pessoais, e guardar o número de protocolo caso precise entrar em contato com a instituição.

   • "Solicitar via instituição": voltado para usuários que não têm Pix. Neste caso, será preciso entrar em contato pelo telefone ou e-mail informado para combinar com a instituição a forma de retirada.

 

Importante: Na tela de informações dos valores a receber, o cidadão deve consultar os canais de atendimento da instituição clicando no nome dela.

O BC pede que o cidadão fique atento para não cair em golpes: nunca clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram, nem faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores. Nem o BC, nem os bancos vão te pedir para fornecer dados pessoais, muito menos senhas, para liberar o dinheiro.

 

Próximas fases

Caso seu saldo esteja zerado, é possível que na próxima fase apareçam valores a receber na sua conta. Essa etapa está prevista para maio.

 

Foto destaque: Reprodução/Pexels