Notícias

Disney+ declara desaceleração no crescimento do número de seus assinantes

11 Nov 2021 - 17h05 | Atulizado em 11 Nov 2021 - 17h05
Disney+ declara desaceleração no crescimento do número de seus assinantes

A Disney+, com seus quase dois anos de mercado, desacelera o crescimento do número de assinantes, em um cenário desfavorável nos últimos três meses. A queda corresponde a mais de 3% do valor anterior ao apresentado no último fechamento, nesta quarta-feira (10). 

 

Uma das plataformas de streaming mais rentáveis, ainda que seja novidade, principalmente no Brasil, país no qual teve seu lançamento a menos de um ano, constatou em seu mais recente balanço trimestral uma queda significativa de seus adeptos. 

 


Logo Disney+ e das empresas cujas reproduções estão associadas a plataforma de streaming. (Foto: Reprodução/Tecmundo)


 

No presente momento a Disney+ conta com 118 milhões de assinantes em todo o mundo, todavia, a expectativa dos investidores a essa altura do campeonato, era de  já ter pelo menos 125 milhões de usuários pagantes. O declínio se mostrou vigente ao passo que nesse período apenas 2 milhões de novos assinantes foram adicionados à plataforma. 

 

A empresa do ramo de entretenimento teve um prejuízo líquido de mais de US$ 700 milhões, a medida que o período anterior resultou em US$ 18,5 bilhões em receitas e US$ 160 milhões em lucros líquidos.

 

Com as flexibilizações atuais da pandemia da Covid19 os serviços do ramo em questão não estão sendo tão beneficiados como anteriormente, quando grande parcela da população estava reclusa em casa. Em contrapartida ocorreu a reabertura dos parques temáticos no verão norte americano, fator que, em tese, poderia trazer o aumento do número de interessados no conteúdo oferecido.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Novos-rumos-A-reinsercao-no-mercado-de-trabalho 

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Wesley-Safadao-Thyane-Dantas-e-a-promotora-Sabrina-Tavares-podem-ser-indiciados-ate-13-anos-de-prisao 

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Malala-anuncia-casamento-reservado-e-surpreende-seguidores 

 

Nesse ritmo a Disney+ ainda se encontra atrás da pioneira Netflix, com 213 milhões de assinantes. No entanto, estratégias em busca de reverter o cenário já estão sendo propostas. A começar pela aceleração na produção de novos filmes e séries, assim como  a implementação dos lançamentos simultâneos de filmes no cinema e na plataforma, com acesso para assinantes mediante a um pequeno custo adicional. 

 

A respeito da temática, Bob Chapek, diretor executivo da companhia deu uma declaração em teleconferência em que disse: “Estamos confiantes de que estamos no caminho certo para cumprir as metas anunciadas no ano passado de entre 230 e 260 milhões de assinantes da Disney+ em todo o mundo até o final do ano fiscal de 2024”, com o objetiovo de tranquilizar o corpo de analistas.

 

Foto destaque: Reprodução/Istoé