Cinema/TV

Disney planeja enviar versão editada de ‘Eternos’ para países com censuras

07 Nov 2021 - 15h05 | Atulizado em 07 Nov 2021 - 15h05
Disney planeja enviar versão editada de ‘Eternos’ para países com censuras

Segundo o Deadline a Disney decidiu optar por uma outra versão editada e com cortes do seu novo filme em parceria com o Marvel Studios o ‘Eternos’, isso porque muitos dos países do continente africano possuem leis rígidas quando se trata de obras cinematográficas que possuem conteúdos de relações íntimas.

No caso de alguns países como Egito, Líbano e Emirados Árabes Unidos, a lei restringe qualquer exibição de afeto ou propaganda LGBTQIA+. O longa é o primeiro da franquia de filmes da Marvel que aborda a relação de um casal do mesmo sexo no caso Phastos (Brian Tyree Henry) e o seu marido interpretado por Haaz Sleiman. Que protagonizam uma cena de beijo.


Assista ao trailer de 'Eternals' (Reprodução/Youtube)


A repercussão foi amarga mundialmente, já que o filme foi banido dos países do Golfo como a Arábia Saudita, Catar e Kuwait. E ainda estreou na Rússia com classificação indicativa +18 já que o país possui leis extremas que proíbe propaganda LBTQIA+.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Kevin-Feige-confirma-primeiro-heroi-gay-em-Eternos

https://inmagazine.ig.com.br/post/Eternos-tem-primeiras-reacoes-apos-evento-especial-de-pre-estreia

https://inmagazine.ig.com.br/post/A-estreia-do-filme-da-Marvel-Eternos-sera-no-Festival-de-Roma

 

Phastos foi anunciado com o primeiro herói gay no universo cinematográfico da Marvel, isso gerou opiniões mistas dos fãs de quadrinhos já que muitos discutem que a sexualidade do personagem nunca foi retratada nas obras de HQ. Mas outros fãs acreditam que é um passo importante para empresa dar continuidade a representação de minorias em suas obras e isso seria importante para as futuras gerações. Além de Phastos, temos também Makkari (Lauren Ridloff) que é uma heroína surda.


 

Phastos (Foto:Divulgação/DisneyPlus)


Sobre a representatividade de minorias principalmente LGBTQIA+ o presidente do Marvel Studios Kevin Feige diz: "Tivemos super-heróis gays nos quadrinhos antes, e acho que já passou da hora de isso acontecer nos filmes. É só o começo". Informou o chefão da Marvel em entrevista para Variety.

‘Eternos’ conta a história de antigos seres que habitavam na terra antes da humanidade, construindo sua história e civilizações enquanto batalhavam contra os Deviantes.

O Filme estreou nos cinemas dia 5, e apesar das polarizações nas críticas o filme provou ser um sucesso com o público que já conferiu.

Foto destaque: Eternals Poster. Divulgação/Marvel