Notícias

Diversos fenômenos astronômicos estão previstos para 2022; confira

04 Jan 2022 - 13h30 | Atulizado em 04 Jan 2022 - 13h30
Diversos fenômenos astronômicos estão previstos para 2022; confira

O ano de 2022 será repleto de eventos astronômicos. Entre os fenômenos, teremos o alinhamento de 5 planetas, 2 eclipses lunares totais, “superluas” e “lua negra”, 2 eclipses solares parciais e 10 chuvas de meteoros. Confira tudo sobre esses eventos e quando ocorrerão.

Nesta terça-feira (4), a Terra atingirá seu ponto mais próximo do Sol, que é chamado de Periélio, o planeta ficará 147 milhões de quilômetros do Sol, isso ocorrerá às 15h52, horário de Brasília. O seu oposto também ocorrerá hoje às 19h10, o chamado Afélio, que é quando a Terra alcança o ponto mais distante do Sol, a Terra ficará 152 milhões de quilômetros do Sol e atinge a menor velocidade do ano. Para você que ama ver esses eventos anote aí no seu calendário.

Planetas amontoados durante as duas últimas semanas de março, Vênus, Marte e Saturno estarão extremamente próximos antes do nascer do Sol o que poderá ser visto por telescópios e binóculos.

Já no final de junho teremos o alinhamento de 5 planetas: Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno que são brilhantes o bastante para serem observados a olho nu. O evento que será raro acontecerá um pouco antes do nascer do Sol no dia 24 de junho, tendo também a junção da lua crescente entre Vênus e Marte.


Alinhamento dos planetas no fim de junho (Foto: Reprodução/ABCnews/Aboveclouds)


Nesse ano teremos também a “lua negra”, que é a segunda lua nova em um mesmo mês, ela acontecerá no dia 30 de abril, mas sua beleza não poderá ser vista, pois a lua nova é quando o lado iluminado da lua fica de costas para a Terra, porém esse fenômeno ajuda na observação das estrelas.

Contemplaremos 3 “superluas”, o fenômeno ocorre na lua cheia e quando ela está mais próxima da Terra, avistaremos as “superluas” em 14 de junho, 13 de julho e 12 de agosto.

E por fim, teremos 2 eclipses lunares totais, um acontecerá entre 15 e 16 de maio, quando a lua ficará vermelha durante a noite, e o outro acontecerá no dia 8 de novembro, antes do Sol nascente. Poderemos ver apenas o evento de maio, que será visível na América do Sul.


Eclipse Lunar parcial em Manilla ano passado (Foto: Reprodução/Aaron Favila/ABCnews/Ap photo)


Agora falaremos do querido Sol, teremos dois eclipses solares parciais, quando a lua cobre apenas parte do Sol, um deles acontecerá em 30 de abril e outro 25 de outubro, lembrando que devemos contemplar esse fenômeno sempre com um filtro especial. Em abril será visível em quase todo o sudeste do Oceano Pacífico e no sul da América do Sul (Chile e Argentina) o eclipse ocorrera logo após o nascer do sol.

O de 30 de outubro será mais bem visto da Rússia e do Cazaquistão, parte da Europa, norte da África e Oriente Médio.

Seremos agraciados com 10 chuvas de meteoros no ano de 2022. Veja:

  • Quadrantids: ativa de 26 de dezembro de 2021 a 16 de janeiro de 2022 (pico para visualização do fenômeno: de 2 a 3 de janeiro).
  • Lyrids: ativa de 15 a 29 de abril (pico: de 21 a 22 de abril).
  • Eta Aquariids: ativa de 15 de abril a 27 de maio (pico: de 4 a 5 de maio).
  • Tau Herculids: potencialmente ativa entre o fim de maio e o início de junho (pico: possivelmente de 29 a 31 de maio).
  • Delta Aquáridas: ativa de 18 de julho a 21 de agosto) pico: de 29 a 30 de julho).
  • Perseidas: ativa de 14 de julho a 1º de setembro (pico: de 11 a 12 de agosto).
  • Orionids: ativa de 26 de setembro a 22 de novembro (pico: de 20 a 21 de outubro).
  • Leônidas: ativa de 3 de novembro a 2 de dezembro (pico: de 17 a 18 de novembro).
  • Geminidas: ativa de 4 a 17 de dezembro (pico: de 13 a 14 de dezembro).
  • Ursids: ativa de 17 a 26 de dezembro (pico: de 22 a 23 de dezembro).

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Fenomeno-La-Nina-ira-influenciar-para-que-o-tempo-seja-mais-chuvoso-neste-verao 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Com-o-mau-tempo-cidade-do-Rio-registra-cerca-de-3-mil-raios 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Recorde-desde-o-inicio-da-pandemia-mundo-registra-mais-de-um-milhao-de-casos-de-COVID-19-em-um-so-dia 

 

Para todos aqueles amantes do céu o ano será repleto de eventos e fenômenos para serem apreciados, sim olhem para cima.

Foto Destaque: Eclipse parcial da lua em Tokio no ano passado. Reprodução/Kiishiro Sato/ABCnews/AP Photo

 

 

Mais Lidas