Celebridades

Elizangela tem alta de Covid mas ainda usa suporte de oxigênio

24 Jan 2022 - 16h07 | Atulizado em 24 Jan 2022 - 16h07
Elizangela tem alta de Covid mas ainda usa suporte de oxigênio

Após ser internada por sequelas causadas pela Covid-19, a atriz Elizangela (67) teve alta no fim de tarde desse domingo (23) do Hospital Municipal José Rabello de Mello, em Guapimirim, onde se encontrava internada desde 20 de janeiro.

As infromações foram dadas pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Guapimirim, que noticiou que a atriz ainda precisará fazer o uso de suporte de oxigênio por uma semana para respirar melhor. "A atriz recebeu alta médica, já está em casa, mas ainda realiza o uso de suporte de oxigênio. Vai precisar por uma semana", palavras da assesoria de Guapimirim. 


A atriz atualmente como Noêmia na reprise de 'O Clone' no Vale a Pena Ver de Novo (Foto:Reprodução/OGlobo)


O emprésario da atriz, Lauro Santanna, também já havia mencionado a melhora no seu estado de sáude, e de que a artista ainda fazia fisioterapia pulmonar (exercícios que ajudam a expandir a capacidade do pulmão). Lauro contou ao site G1: "Desde sábado (22) ela foi liberada para fazer pequenos exercícios que não comprometeram muito, porque ela ainda fica muito cansada, mas está bem, se recuperando cada vez mais".

Lauro também acredita que a gravidade do estado que a atriz ficou se dá também a problemas respiratórios que ela possui. Elizangela já teve um efisema pulmonar e foi internada em Teresópolis na Região Serrana do Rio, em agosto de 2019, com o diagnóstico de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. "Como ela já foi internada sem Covid, acredito que o organismo dela tenha sofrido mais por causa desse histórico", disse ele.


Elizangela ao lado de Juliana Paes, sua filha na novela 'A Força do Querer' de 2017 (Foto:Reprodução/Metrópoles)


A atriz Elizangela foi internada na quinta-feira (20) em Guapimirim, em estado grave e com sequelas respiratórias do vírus. Segundo a prefeitura da cidade, no ato de sua internação, a atriz informou que não havia tomado nenhuma das doses da vacina que ajuda a criar anticorpos contra o vírus.

 

Foto Destaque: Reprodução/G1