Esportes

Em ato contra o racismo, Inter vence pela Sul-Americana

18 Mai 2022 - 09h00 | Atulizado em 18 Mai 2022 - 09h00
Em ato contra o racismo, Inter vence pela Sul-Americana

Na noite desta terça-feira (17), o Internacional recebeu o Independiente Medelín pela Copa Sul-Americana e venceu por 2 a 0, com dois gols de Edenilson. Nos gols, o camisa 8 comemorou erguendo o punho contra o racismo, já que três dias atrás, o jogador se envolveu em um suposto caso de racismo com o lateral português Rafael Ramos, do Corinthians.

Apesar do Beira-Rio estar com pouco público, o resultado foi muito importante, já que o Colorado chegou a nove pontos e assumiu a liderança do grupo, dependendo só dele para se classificar para próxima fase da competição.

O Internacional foi dono do primeiro tempo no Beira-Rio. Em casa, o time comandado por Mano Menezes ditou o ritmo da etapa e não deu respiro para o Independiente Medellín. Logo aos oito minutos, Edenilson já finalizava para defesa de Mosquera. Wanderson tentou aos 12 e 16, mas como os deuses do futebol adoram boas histórias, o jogo estava para Edenilson, que completou o cruzamento de David, para abrir o placar aos 18 minutos. Na comemoração, tirou a camisa e se posicionou contra o racismo com o punho erguido. Rodrigo Dourado, Bustos e De Pena tiveram a chance de ampliar. Aos 37, em contra-ataque, Hernández chutou mascado na única oportunidade dos colombianos no jogo até então.


Edenilson marcou os gols da partida (Foto: Reprodução/Silvio Avila/AFP)


O segundo tempo foi repleto de chances de gol. O Internacional começou a etapa mantendo o ritmo da primeira e pressionou o rival em busca do segundo gol. Ele veio novamente com Edenilson. Na entrada da área, o meio-campista bateu de esquerda, com categoria, e aumentou a vantagem. Depois do segundo gol, a partida seguiu aberta. O Independiente Medellín criou algumas chances, mas não conseguiu vazar o goleiro Daniel. Aos 17, David e Bustos perderam o terceiro gol. O técnico Mano Menezes começou a fazer substituições e dar ritmo ao elenco. O Inter não perdeu o domínio, porém, perdeu novas oportunidades em sequência com Estêvão, Bruno Méndez e Edenilson.

O Inter define a classificação na Sul-Americana na próxima terça-feira, às 21h30, contra o 9 de Outubro, novamente no Beira-Rio. No mesmo dia e horário, o Independiente pode ajudar o Colorado ao receber o Guaireña, no Atanasio Girardot. Pelo Campeonato Brasileiro, o Inter entra em campo no sábado (21), na Arena Pantanal, contra o Cuiabá, às 21h, pela 7ª rodada.

Foto Destaque: Edenilson e companheiros comemorando com o punho erguido contra o racismo. Silvio Avila / AFP