Esportes

Em tom de despedia, Messi diz que irá repensar muitas coisas após a Copa

26 Mar 2022 - 16h26 | Atulizado em 26 Mar 2022 - 16h26
Em tom de despedia, Messi diz que irá repensar muitas coisas após a Copa

Já classificada para Copa do Mundo de 2022, a “Albiceleste” venceu a Venezuela por 3 a 0 na La Bombonera e após a partida, Lionel Messi concedeu uma entrevista em tom de despedida: “Eu penso no que vem agora, no Equador (próximo jogo da Argentina nas eliminatórias). Depois da Copa eu vou ter que repensar muitas coisas”.


Messi cercado por jogadores da Venezuela (Reprodução/Augustin Marcarian-Reuters)


Messi chegará a Copa do Mundo com 35 anos de idade e essa pode ter sido a última partida do meia pela seleção em seu país natal, pois na última rodada das eliminatórias a “Albiceleste” enfrenta o Equador, fora de casa, na próxima terça-feira. E a preparação para o Mundial deve ser feita fora da Argentina. Em junho, os atuais campeões da Copa América enfrentam a Itália, em Wembley, pela supercopa que irá colocar frente a frente o campeões da Copa América e da Eurocopa. Já os amistosos de preparação para o Mundial devem acontecer no Oriente Médio e Europa, ainda resta o clássico diante o Brasil, que foi interrompido pelas autoridades sanitárias, mas a FIFA determinou que o jogo deve ser realizado em data e dia definido pela entidade. A AFA (Asociación del Fútbol Argentino) e CBF (Confederação Brasileira de Futebol) estão tentando convencer a Conmebol a autorizar que a partida seja realizada na Austrália, pois as duas federações tem contrato com uma empresa de mídia internacional para a realização do superclássico em território australiano.

Atuando centralizando e sendo o famoso “enganche” argentino, Messi foi quem regeu o ritmo da seleção e participou das principais chances de gol de sua seleção. O camisa 10 anotou um gol e elogiou o comportamento da torcida que cantou durante os 90 minutos no estádio do Boca Juniors: “Faz tempo que sou feliz aqui, mesmo antes de ganhar a Copa América. As pessoas demonstram que gostam de mim, e sou agradecido por isso. Tudo flui naturalmente, é mais fácil dentro e fora de campo”.

 

 

Foto destaque: Lionel Messi na vitória por 3 a 0 diante a Venezuela. Reprodução/Augustin Marcarian-Reuters.