Esportes

Empresário americano, Todd Boehly, coproprietário dos Lakers e Dodgers, é o novo dono do Chelsea

29 Abr 2022 - 21h09 | Atulizado em 29 Abr 2022 - 21h09
Empresário americano, Todd Boehly, coproprietário dos Lakers e Dodgers, é o novo dono do Chelsea

Apesar de ter recebido uma proposta de última hora do homem mais rico do Reino Unido, de acordo com o jornal britânico The Telegraph, o grande drama envolvendo a venda do Chelsea pode estar finalmente chegando ao fim. O consórcio liderado pelo empresário Todd Boehly, coproprietário do Los Angeles Lakers e do Los Angeles Dodgers, da NBA, teria levado a melhor durante as propostas e sido escolhido como novo dono dos Blues, oferecendo mais de 3,5 bilhões de libras (aproximadamente R$ 21,7 bilhões) para adquirir o clube.

O processo de venda do Chelsea começou quando o governo do Reino Unido decidiu aplicar uma série de sanções ao antigo dono do clube, o russo Roman Abramovich, acusado de ser um dos oligarcas apoiadores do governo do presidente russo Vladimir Putin. As sanções impostas foram aplicadas após a invasão da Rússia à Ucrânia. Entretanto, a venda do time se arrastou pelos últimos meses.


Toddy Boehly é o novo proprietário do Chelsea, diz jornal britânico (Reprodução: David Livingston/Getty Images)


Mas segundo o jornal britânico informou, nesta sexta-feira (29) o futuro do clube londrino pode estar próximo de ser definido. Embora o Chelsea ainda não tenha se manifestado sobre confirmação da venda do clube, de acordo com informações apresentadas pelo Telegraph, BBC, ESPN e The Athletic, todo o processo será finalizado ainda nos próximos dias e Todd Behly, juntamente com o roteirista Jonathan Goldstein e o empresário suíço Hansjörg Wyss, serão anunciados como novos proprietários do clube.

Rivais nas negociações pelo clube inglês, grupos liderados por Stephen Pagliuca e Sir Martin Broughton, que teria Lewis Hamilton e a tenista Serena Williams como investidores, teriam sido avisados que suas propostas não avançariam. Jim Ratcliffe apresentou nesta sexta-feira uma proposta superior à de Todd, no valor de 4,25 bilhões de libras (cerca de R$ 26,3 bilhões), mas, segundo o The Telegraph, o empresário havia chegado “tarde demais”, por apresentar sua proposta após o prazo estabelecido.

O empresário Todd Boehly, de 48 anos, tem sua fortuna avaliada em U$ 4,5 bilhões e está em 637º lugar na lista da Forbes de bilionários. Em 2019, o empresário já havia tentado entrar para o futebol com a comprar o Chelsea.

“O futebol é o maior esporte do mundo. O fato é que ainda é o melhor produto do mundo.”, disse ele em entrevista à Bloomberg, na       ocasião.

 

Foto destaque: Chelsea Football Club(Reprodução: Getty Images)