Beleza

Especialista dá dicas sobre cuidados com peles negras

21 Abr 2022 - 15h15 | Atulizado em 21 Abr 2022 - 15h15
Especialista dá dicas sobre cuidados com peles negras

Durante muito tempo existiu a crença de que peles negras não podiam passar por determinados procedimentos estéticos devido a riscos relacionados a pigmentação da pele. Tratamento a laser, produtos específicos de skincare, dentre outros cuidados eram fortemente excluídos para quem tem a derme escura.



(Reprodução: Foto/Instagram).


O dermatologista André Moreira, especialista em peles negra, tira todas essas dúvidas em um bate-papo com o site Metrópoles. E já adiantamos: as crenças não passam de falta de conhecimento sobre o assunto e serão desmistificadas pelo expert, que dará dicas de como tratar cada tipo de derme.

Em relação a tratamentos com laser, André explica:

“Não havia conhecimento e nem tecnologias adequadas para conferir segurança nos tratamentos das peles pretas com laser. Com o avanço do conhecimento e o maior interesse de estudo na dermatologia da pele preta, vimos que era seguro, desde que com parâmetros e tecnologia adequados”.

Agora que já sabemos que os tratamentos com laser estão mais do que liberados, temos que entender que, assim como a maioria dos procedimentos, existem especialidades para cada pele. O dermatologista orienta as opções que são mais adequadas para esse tipo de derme:

“Tem dois que eu adoro! Para depilação o ND Yag, e para rejuvenescimento e manchas o laser Thulium. São alguns exemplos que eu mais utilizo para a pele preta”.

Para skincare a regra é a mesma; os produtos para tratamento estão liberados, porém de acordo com as necessidades individuais da cor de cada pele.

“Por exemplo, a pele branca mais madura precisa de uma hidratação maior, porque ela tem um componente de oleosidade menor que o nosso. E a pele preta precisa de mais normalização, porque nossas glândulas produzem um pouco mais de oleosidade (...) uma consulta com um dermato torna possível essa avaliação de detalhes e minúcias que podem ser transpostos para os cuidados diários.”, conclui o médico.

 

 

Foto destaque: Reprodução/Pexels.

Mais Lidas