Saúde e Bem Estar

Estados Unidos descobrem riscos à saúde em Vacina Janssen

06 Mai 2022 - 09h46 | Atulizado em 06 Mai 2022 - 09h46
Estados Unidos descobrem riscos à saúde em Vacina Janssen

Nesta quinta-feira (5), a Agência de alimentos e Medicamentos (FDA, sigla em inglês) anunciou que irá ocorrer limitação no uso da vacina Janssen contra a COVID-19 em adultos por apresentar riscos de desenvolver uma síndrome rara de coagulação sanguínea. 

Esse risco não é o único que surgiu ao longo desses anos. No dia 17 de julho de 2021, a FDA já tinha se manifestado sobre um aumento do risco do desenvolvimento da síndrome de Guillain-Barré.

A empresa gerou um comunicado na época informando que a chance de isso ocorrer era muito baixa e só estavam trabalhando com possíveis realidades futuras. "Apoiamos fortemente a conscientização sobre os sinais e sintomas de eventos raros para garantir que eles possam ser identificados rapidamente e tratados de forma eficaz", diz a nota. 


(Foto: Reprodução/Instagram)


Essa vacina é autorizada para maiores de 18 anos nos Estados Unidos e é uma das três opções mais utilizadas contra a doença para uso no país. A Agência conta, que a Janssen só pode ser administrada nos casos em que outras vacinas contra a COVID-19 autorizadas não estejam acessíveis ou caso o indivíduo não esteja interessado nas outras duas vacinas. 

Esse ano, a FDA analisou os riscos atuais à saúde e constatou que o risco de trombose com síndrome de trombocitopenia após a tomada da vacina justifica a limitação da autorização.

A Johnson & Johnson, responsável pela Janssen, ainda não se manifestou sobre o assunto. 

Foto Destaque: KAMIL KRZACZYNSKI / AFP

Mais Lidas