Money

Estudo estipula quanto é necessário ganhar para ser considerado rico

20 Jun 2022 - 17h02 | Atulizado em 20 Jun 2022 - 17h02
Estudo estipula quanto é necessário ganhar para ser considerado rico

Um estudo promovido pelo L’Observatoire des Inégalités, uma organização que é independente e que estuda a desigualdade na sociedade francesa, definiu o que é ser rico e quantas pessoas essa categoria inclui. Segundo o estudo feito pela organização, para uma pessoa poder ser considerada rica ela precisa ter uma receita de € 3.673 (R$ 19,5 mil) por mês.

Esse valor é o dobro da pessoa média e compreende 4,5 milhões de pessoas na França. Por exemplo, um casal que tenha dois filhos menores de 14 anos seria considerado rico se sua receita mensal combinada fosse de € 7.713, algo em torno de R$ 41,5 mil.

LEIA MAIS


Cerca de 1% da população francesa poderia ser considerada super rica, segundo estudo (Foto: Reprodução/Etus)


Na França, as pessoas mais ricas atualmente – em termos de receita – são aquelas que são ligeiramente mais velhas do que o restante da população (idade média de 57 anos), não têm mais filhos em casa, têm propriedades próprias e ocupam cargos gerenciais no local de trabalho. Sem surpresa, esta nova pesquisa descobriu que as pessoas mais ricas em termos de riqueza geral (e não apenas receita) são mais velhas: 70% têm mais de 50 anos, 39% são aposentadas e 28% vivem em Paris e regiões vizinhas.

O valor mensal atual é um pouco maior do valor de quando a pesquisa foi realizada no ano de 2020, na época, para a pessoa ser rica precisaria ter uma renda mensal de € 3.470. Para uma pessoa ser considerada super rica deveria ter uma renda mensal de € 7.180, o que giraria em torno de R$ 38,6 mil por mês, após pagamentos de impostos, por pessoa. Isso tornaria 1% da população francesa “super rica”.

O estudo é o segundo desse tipo e seu objetivo é informar o debate em torno da qualidade de vida dos indivíduos e, particularmente, em torno da pobreza e da desigualdade global.

 

Foto destaque: Contando dinheiro Reprodução/IG.