Cinema/TV

Eu Sei o Que Vocês Fizeram: Elenco comenta mudanças do filme para a série

13 Out 2021 - 20h58 | Atulizado em 13 Out 2021 - 20h58
Eu Sei o Que Vocês Fizeram: Elenco comenta mudanças do filme para a série

A série produzida e exibida pela Amazon Prime Video, com estreia marcada para 15 de novembro, reconta a história do clássico filme Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado (1997). Esse filme junto de Pânico (1996), foram responsáveis pelo retorno do subgênero de terror, o slasher que conta a história de um grupo de amigos fugindo de um assassino violento.

 

Nossa showrunner [Sara Goodman] definiu perfeitamente: o filme original era um fruto do seu tempo, e a nossa série definitivamente também é. Acho que ela se encaixa muito bem no mundo atual, e no que as pessoas querem assistir hoje em dia” diz a atriz Madison Iseman (Jumanji e Annabelle 3) que viverá duas irmãs gêmeas, Allison e Lennon, a protagonista.

 

Por ter mais tempo para o desenvolvimento de personagens Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão passado, a nova versão irá ser mais fiel ao livro que tinha um tom mais de suspense psicológico. A versão de cinema deixou a autora do livro “horrorizada” com as mudanças.

 

Temos uma temporada completa, oito episódios de uma hora, ao invés de apenas 1h30, 2h de filme. Com isso, vem a oportunidade de criar um thriller de ritmo mais deliberado - mas, dentro de cada episódio, há muitos momentos excitantes e provocantes. A série faz você querer assistir ao próximo capítulo, ela é muito ‘maratonável’” diz a atriz Brianne Tju (Medo Profundo), que interpreta Margot. 

 

Em um filme, você conta a sua história em três atos. Na nossa série, é como se cada episódio fosse um capítulo de um livro” completou o ator Sebastian Amoruso que interpreta Johnny.


https://inmagazine.com.br/post/The-Flash-Michael-Keaton-afirma-ainda-caber-no-traje-de-Batman-1989

 

https://inmagazine.com.br/post/The-BlacklistLista-Negra-divulga-as-imagens-da-9-temporada-da-serie

 

https://inmagazine.com.br/post/Panico-5-divulga-primeiro-trailer-e-data-de-estreia-nos-cinemas

 

O tempo maior investe bastante em desmanchar os personagens estereotipados no filme original trazendo personagens únicos e com diversos lados.

 

Sabe, o que eu amo sobre a Margot, e sobre todos esses personagens, é que eles são uma pessoa na superfície, e outra pessoa por baixo dela. Eles escondem um eu mais verdadeiro, talvez mais sombrio. Essa dualidade foi muito interessante, como atriz. No começo, Margot parece ser só a sua típica garota popular, rica e festeira - mas ela tem um relacionamento difícil com os seus pais, e também luta contra problemas de saúde mental. O que é interessante na série é como vemos a persona que ela cria para as redes sociais, mas também descobrimos o porquê de ela criar essa persona. É como um mecanismo de sobrevivência para ela.” comenta Brianne Tju.

 

Madison Iseman concorda e completa falando “Os personagens parecem muito reais, mesmo que estejam em uma circunstância muito extrema. Por isso, acho que a série tem um pouco de tudo - como público, você consegue se conectar com essas pessoas, mas também ficar totalmente chocado quando ‘blá-blá-blá’ faz ‘blá-blá-blá’, ou ‘blá-blá-blá’ morre

 

Os personagens de Brianne Tju, Margot, e de Sebastian Amoruso, Johnny, serão melhores amigos na série. Johnny por ser um personagem gay, foi reescrito para fugir de possíveis estereótipos. 

 

De forma similar ao que vemos nesse estereótipo, há um amor verdadeiro entre Margot e Johnny, uma intensidade emocional particular. O que muda na nossa série, e eu não quero entregar spoilers demais, é que há mais profundidade nesses personagens. Eles têm histórias, nuances, que nem sempre vemos quando esse tipo de clichê está envolvido. E há mais algumas outras coisinhas que fazemos diferente…” comenta Sebastian Amoruso sobre seu personagem.


Trailer da série (Reprodução: Youtube / Amazon Prime Video Brasil)


Outro ponto abordado pela série é a representatividade econômica-social. Enquanto todos os personagens pertencem a classe média e alta, Riley, vivida por Ashley Moore (Model Squad), vive em uma área sob constante violência policial e vende drogas para sustentar a família.

 

Eu falei com Sara Goodman [a showrunner] sobre a condição social de Riley, porque queria entender melhor o passado dela, o porquê de ela estar na situação em que está. Queria que isso fosse sublinhado na série, porque é algo que não faz parte da minha experiência de vida”, comenta a atriz.

 

A série estreia 15 de outubro no Amazon Prime Video, vai contar com quatro episódios lançados e o restante semanalmente, toda sexta.

Foto destaque: Reprodução / Omelete

Mais Lidas