Saúde e Bem Estar

Exaustão e preocupação afeta o bem-estar no trabalho

24 Mai 2022 - 20h28 | Atulizado em 24 Mai 2022 - 20h28
Exaustão e preocupação afeta o bem-estar no trabalho

Segundo resultados de uma pesquisa realizada pela plataforma Zenklub, exaustão e preocupação constante são as consequências que mais prejudicam a tranquilidade no ambiente de trabalho. A pesquisa realizada pela plataforma ouviu 500 funcionários de empresas de todas as regiões do Brasil em março deste ano.

O questionário respondido foi dividido de forma que os participantes consideraram-se os seguintes fatores: 

1) relacionamento com líderes e com colegas, 

2) conflitos, 

3) exaustão,

4) preocupação constante,

5) desconexão do trabalho, 

6) volume de demanda, 

7) autonomia,

8) participação,

9) clareza das responsabilidades.


A busca do bem-estar no trabalho (Freepik/Reprodução)


Com esses tópicos pesquisados, o resultado foi majoritário para exaustão, com cerca 39% dos trabalhadores alegando viver no ambiente de trabalho. Na sequência, vem a preocupação constante (30%). Somando, eles representam 69% das respostas.

Essa exaustão apontada na pesquisa reflete a forma de trabalho dos últimos dois anos. Estamos mais digitalizados e precisamos sempre estar disponíveis.

 

Fonte: Exaustão no trabalho. Reprodução/Divulgação

Mais Lidas