Tech

Facebook planeja mudar nome visando futuro

21 Out 2021 - 21h09 | Atulizado em 21 Out 2021 - 21h09
Facebook planeja mudar nome visando futuro

Facebook vai além da conhecida rede social, é uma empresa responsável por produtos como Instagram, WhatsApp e Oculus, e segundo especulações, a corporação está planejando alterar o nome já no próximo dia 28, data em que acontece a conferência anual do Facebook, como forma de concretização do novo posicionamento da empresa no mercado tecnológico e digital. 

Quem tornou público essa informação foi o veículo The Verge, que conversou com fontes próximas. 

A ideia é trocar o nome da empresa e não do produto, esse rebranding (termo utilizado no ramo tecnológico para indicar reformulação da marca) surge com a proposta de romper o elo da plataforma com a empresa em si, principalmente com a recente instabilidade que a rede social enfrentou na qual afetou pessoas e empresas pelo mundo todo, além das contantes fiscalizações que são realizadas devido à vazamento de dados dos usuários da rede. 


Facebook (Foto: Reprodução/natanaelginting/Freepik)


Essa especulação se fortalece devido a uma entrevista cedida em julho pelo CEO do Facebook, Mark Zuckerberg ao veículo The Verge, em que Zuckerberg relata: 

 “Faremos a transição de uma empresa que é vista como uma empresa de mídias sociais para uma empresa metaversa”. 

Na entrevista, o presidente do Facebook deixa nítido os novos objetivos da empresa, o que espera alcançar, o desejo de desbravar e traçar novos caminhos para a marca, percebendo novas possibilidades no futuro do mercado digital:

"[O metaverso] vai ser um grande foco, e eu acho que isso vai ser uma grande parte do próximo capítulo sobre a forma como a internet evolui depois da internet móvel. Será o próximo grande capítulo para nossa empresa também. Estamos realmente apostando nessa área".

https://inmagazine.com.br/post/Facebook-anuncia-pesquisa-para-aprimorar-IA

https://inmagazine.com.br/post/Instagram-planeja-notificar-usuarios-sobre-problemas-tecnicos-na-plataforma

https://inmagazine.com.br/post/Xiaomi-planeja-lancar-seu-primeiro-modelo-de-carro-eletrico-em-2024

Metaverso está em fase inicial, ainda é um embrião dentro das infinitas possibilidades de investimento e potencial de expansão da internet, mas como já citado, é visto como promissor pelos analistas do ramo. 

Os primeiros conceitos sobre o "meta" é que será uma realidade digital, em que as pessoas poderão se relacionar entre si virtualmente, englobando criptomoedas, games, e mais. Basicamente o usuário sairia da posição de consumir o conteúdo para estar dentro do conteúdo, interagindo, vivenciando, experimentando. 


Mark Zuckerberg, CEO do Facebook (Foto: Reprodução/ Justin Sullivan/Getty Images)


Segundo estudos preliminares dos especialistas, para que o metaverso seja uma realidade acredita-se em décadas de implementação e aperfeiçoamento para seu efetivo uso. Porém, mesmo sem previsão as empresas estão sendo receptivas e credibilizando essa possibilidade, como é o caso da Nvidia. 

 

Foto Destaque: Reprodução/Pixabay

Mais Lidas