Celebridades

Família real pode tomar 'ações legais' contra príncipe Harry após anúncio de autobiografia

21 Jul 2021 - 16h57 | Atulizado em 21 Jul 2021 - 16h57
Família real pode tomar 'ações legais' contra príncipe Harry após anúncio de autobiografia

Anunciada na segunda-feira (19), a autobiografia do príncipe Harry gerou desconforto na família real britânica. De acordo com o que vem sendo veiculado na imprensa internacional, pode ter ocorrido falha no diálogo entre as partes e o conteúdo do livro tem preocupado os integrantes da família real. Dependendo do material publicado a realeza poderá responder de forma imediata e tomar as “ações legais” contra o duque de Sussex.

De acordo com a revista americana People, Harry havia entrado em contato com a realeza para contar sobre a vontade de escrever um livro para compartilhar suas memórias. "O príncipe Harry, de 36 anos, teve uma conversa privada com a família real sobre a publicação do livro muito recentemente", afirmou fonte ligada ao príncipe. Ainda segundo a fonte, era improvável que ele obtivesse permissão do Palácio de Buckingham para a publicação. Entretanto, Harry seguiu com o projeto e já recebeu um adiantamento de 100 milhões de reais pela publicação, que tem previsão de lançamento no segundo semestre de 2022.


 

Princípe William e Harry aparecem juntos em frente a estátua da princesa Diana. Fonte: Getty Images

 


 

Essa decisão pegou os membros da família de surpresa. “Qualquer declaração ou alegação considerada enganosa ou falsa não será mais recebida com silêncio”, revelou uma pessoa próxima da família real.

Os dias de calmaria parecem ter acabado, principalmente para Charles, o príncipe William, irmão mais velho de Harry e outros membros da família real. “Vamos apenas dizer que Harry e Meghan não vão mais poder controlar totalmente a narrativa. Haverá uma reação como nunca houve antes”, declarou a fonte.

 


 

Leia mais: https://lorena.r7.com/post/Anitta-Lexa-e-Ludmilla-comemoram-apos-funk-brasileiro-ser-reconhecido-como-musica-urbana-pelo-Grammy-Latino

Leia mais: https://lorena.r7.com/post/Power-Couple-Li-Martins-afirma-se-sentir-excluida-por-Deborah

Leia mais: https://lorena.r7.com/post/Exclusivo-Filipe-Braganca-fala-sobre-Dom-e-novos-projetos-em-sua-carreira



Ainda de acordo com uma pessoa ligada à realeza, a família real britânica se arrependeu da demora em reagir sobre a entrevista de Harry e Meghan Markle à Oprah Winfrey, em março. Na época, declarações sobre racismo instalaram uma crise entre o casal e a família real. A casa real reagiu horas depois, sem muito alarde, dizendo que o assunto seria tratado em particular.  “As questões expostas [pelo príncipe Harry e por Meghan Markle], particularmente a racial, são preocupantes. Embora algumas lembranças possam variar, nós as levamos muito a sério e elas serão abordadas em particular pela família”, dizia o texto.



 

 

(Foto destaque: Príncipe Harry e a esposa Megan Markle. Reprodução/Getty Images)