Celebridades

Famosos lamentam a morte de Tarcísio Meira

12 Ago 2021 - 17h00 | Atulizado em 12 Ago 2021 - 17h00
Famosos lamentam a morte de Tarcísio Meira

 Muitos famosos prestaram homenagens e lamentaram a morte de Tarcísio Meira nesta quinta-feira (12). O ator, de 85 anos de idade, foi vítima das complicações da Covid-19 e havia sido internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 6 de agosto, com a mulher, Glória Menezes, que recebeu alta.


O ator José de Abreu relembrou um trabalho com o ator e que foi dirigido por Paulo José, morte na última quarta-feira (11). “Tarcísio Meia e eu dirigidos por Paulo Jose. Acabaram minhas lágrimas. RIP queridos colegas e amigos”.


Ary Fontoura relembrou durante o Encontro com Fátima Bernardes uma conversa com o amigo. “Gostaria de confortá-la em um momento tão difícil. Gostaria de me despedir dele também. Ele é uma referência no teatro, no cinema, na TV. São notícias tristes para a cena brasileira. Ele me dizia assim: ‘Fazia tempo que não vinha trabalhar, estou me sentindo esquisito’. Ele estava bem de saúde. Tinha um probleminha respiratório. Eu falava: ‘Tarcísio, calma, vamos preencher esse tempo, lembrar de coisas alegres’”, contou.


A atriz Lilia Cabral também falou com a apresentadora Fátima Bernardes. “É difícil falar. Ontem foi muito triste, a situação dele [do Paulo José] estava muito complicada. Quando você morre jovem, pensa numa tragédia. Quando tem um tempo de vida grande, a gente sabe que a história vai findar. Mas quando acontece é difícil aceitar. São dois grandes atores que você pensa que são eternos. Não é aceitar, é receber, isso que dói”, começou.


“Agora eu só penso na Glória. Não paro de pensar nela, porque através dela conheci o Tarcísio e ele foi meu pai duas vezes em novela. A Glória ficou tão minha amiga, desde a primeira novela, tão carinhosa comigo sempre. E só penso na família. Não dá para dissociar um do outro. Vi uma entrevista deles no Viva tão emocionante, porque além da história de vida deles, era uma cumplicidade. Quando a gente vê que acredita. No palco o Tarcísio também era mestre. Trabalhei com ele no teatro e posso dizer que mudei minha forma de entender a profissão através do olhar dele. São duas perdas nesse momento de Covid, que estamos vivendo. Essa doença é uma roleta russa, mas isso não significa que pode relaxar, tem que vacinar.”


Foto: Homenagem Rodrigo Lombardi a Tarcísio. (Reprodução / Instagram)


Veja outras homenagens:

Marcos Palmeira, ator: “Não está sendo fácil. Mais um grande artista perde pra Covid19! Tarcísio, você é um exemplo pra mim. Tive a honra de fazer o remake de Irmãos Coragem no papel de João Coragem! Ja fui filho em vários trabalhos e sempre me divertia com seu humor maravilhoso! Muita saudade! Toda força pra amada @gloriamenezesoficial e meu irmãozinho @tarcisiofilho1205. Esse elenco lá de cima esta ficando imbatível!!! Que dureza, meu Deus! Siga como luz nos ajudando a encontrar os caminhos!”


Marisa Orth, atriz: “Tarcísio Meira. Galã. Herói. Que honra ter lhe conhecido. Um pedaço muito importante da nossa telegramaturgia se vai. @gloriamenezesoficial, por favor receba meu abraço. E meus votos de pronta recuperação. Como eu amo o casal de vocês! Na foto, com @fernandadefreitas_, na Novela Bang Bang”.


Natália Lage, atriz: “Meu primeiro trabalho na televisão foi numa série chamada Tarcísio & Glória e a trilha de abertura era a Elis cantando que ‘tá cada vez mais down no high society’… Mais de trinta anos se passaram e perdemos nosso galã master. Nunca mais trabalhei com ele, mas guardo comigo o modo carinhoso como ele sempre me tratou e coloco minhas orações na direção da Glória, tão igualmente gentil. É Brasil, essa doença é sorrateira e já levou gente demais… Quando será que alô alô marciano vai deixar de ser nosso espelho?”.


https://lorena.r7.com/post/preview/Claudia-Raia-lamenta-morte-de-Tarcisio-Meira

https://lorena.r7.com/post/Famosos-prestam-homenagens-ao-ator-Paulo-Jose-apos-sua-morte

https://lorena.r7.com/post/Felipe-Neto-critica-internautas-apos-ser-diagnosticado-com-Covid-19-Eu-sei-que-e-dificil-estudar-ne-gado

 

José Mayer, ator: “Agora quem se despede da gente é o grande amigo Tarcísio Meira! Guardarei pra sempre as melhores lembranças do tempo em que trabalhamos juntos”.


Claudia Ohana, atriz: "Que tristeza! Qualquer coisa que eu fale não chega aos pés da grandiosidade desses dois artistas”.


Marcos Caruso, ator: “Há pessoas as quais achamos que não morrerão nunca. Tarcísio Meira, você viverá sempre entre nós”.


Juliette, ex-BBB: “E o céu ganhou duas estrelas. Tarcísio Meira e Paulo José, vocês fizeram história!”.


Bruno Gagliasso, ator: “Hoje não tem clima para humor. Só a tristeza por essas perdas em um intervalo tão curto. Paulo José e Tarcísio são gigantes que nos inspiram a fazer sempre o melhor. A saudade ficará para sempre e os aplausos também. Obrigado por tanto.”


Tony Ramos, ator: “É uma perda absolutamente inesperada. Dirão muitos que me ouvem agora, ou me assistem: ‘Pô, rapaz. 80 e tantos, é possível isso acontecer’. Eu sei, gente. É possível acontecer com 20, com 30, com 40, com 50 anos. Não é? A gente ganhar idade é uma bênção. Estar vivo é uma bênção. Claro que quando entra uma doença, esse vírus maldito que muitos ainda querem negar ou passar pano em cima disso, esse vírus demolidor não escolhe hora e nem quem vai atacar. Por isso: protejam-se, cuidem-se”.


Fernanda Paes Leme, atriz e apresentadora: “Eu era a Patty Telles de Mendonça, meu primeiro trabalho na TV! Chegou o episódio em que o pai da Patty finalmente aparecia pra ver a filha. Começou um burburinho nos bastidores e de repente me contaram: seu pai vai ser o Tarcísio Meira. Imaginem como eu fiquei! Imaginem a responsabilidade. Chegou o dia, eu nervosa e ele apareceu. A cena era de emoção e tava tudo ali no meu olhar, vendo aquele brilhante ator, que minha mãe sempre foi fã e que eu assistia e admirava desde pequena, na minha frente, lindo, generoso e muito cuidadoso. Fizemos a cena e foi incrível! Ali, eu tive a certeza que atuar era o que eu queria fazer pra sempre! Depois desse dia tivemos outros encontros que jamais esquecerei! Obrigada, Tarcísio Meira, por mim e por toda história da TV, cinema e teatro brasileiro. Fará muita falta”.


Serginho Groisman, apresentador: “Que triste. Tarcísio foi um incrível ator, uma pessoa gentil e que honrou sua profissão. Toda força possível para a Glória, que protagonizou com ele um amor maravilhoso na vida real. Descanse em paz, lindo”.


Tata Werneck, humorista: “A TV e o teatro brasileiro devem honras a esse grande ator. Um beijo imenso em sua amada @gloriamenezesoficial e o querido Tarcísio Filho. Espero que muitas homenagens sejam feitas e que Sua amada Glória consiga se recuperar rapidamente”.


Fábio Assunção, ator: “Meu coração está destroçado. Tarcísio. Inacreditável. No último dia de gravação de De Corpo e Alma, novela que fizemos juntos em 92/93, chegaram dezenas de flores e quando vi haviam sido compradas pelo Tarcísio, que ia dando, uma por uma, a todas as pessoas da equipe. Ali, depois de uma novela inteira, conheci um outro lado dele. Muito amor Glorinha e Tarcisinho. Muito amor pra vocês. Tarcísio Meira deixa um legado gigante e uma saudade imensa. Sem palavras. Em menos de 24 horas duas perdas inestimáveis”.


Boninho, diretor: “Muito triste perder nosso maior galã na história da TV brasileira. Tive a alegria de conviver com ele e a Glória durante muitos anos. Que pena. Meu conforto a família.”


Otaviano Costa, apresentador: “Hoje a cultura brasileira amanhece triste. Na infeliz coincidência do destino, por se tratar do dia internacional das artes, perdemos dois gigantes da nossa dramaturgia nacional. Perdemos Paulo José ontem e hoje o incrível e único, Tarcísio Meira. Que Deus conforte o coração de seus familiares, amigos e fãs e em especial, fica um fraterno e carinhoso abraço ao meu amigo Tarcisinho e sua mãe, D. Glória Menezes, que ainda luta para se recuperar do Covid, que nosso eterno galã Tarcísio, não conseguiu vencer”.

 

(Foto Destaque: Tarcísio entre Marisa Orth e Fernanda de Freitas em Bang Bang e Fernanda Paes Leme. Reprodução / TV Globo)