Música

Festival GRLS! 2023: Saiba o que de melhor aconteceu no evento que rolou sábado em São Paulo

05 Mar 2023 - 10h40 | Atulizado em 05 Mar 2023 - 10h40
Festival GRLS! 2023: Saiba o que de melhor aconteceu no evento que rolou sábado em São Paulo

O GRLS! é um festival que acontece todo ano em São Paulo, o evento compreende e dá voz ao empoderamento feminino no Brasil. Ele apresenta uma organização variada de artistas e palestrantes mulheres, vindas de diferentes áreas, como a música, literatura, política e ativismo.

O festival GRLS! nasceu e foi realizado pela primeira vez no ano de 2019 e de lá para cá, tornou-se um evento popular que passou a  atrair milhares de participantes ano após ano. Seu principal objetivo é empoderar mulheres e assim promover a igualdade de gênero, dentro de um espaço seguro e inclusivo voltada para as mulheres e para que possam da melhor maneira se expressar e se conectar umas com as outras. 

Há também o “GRLS! Talks”, um talk show do festival que teve o tema “Imagem Pessoal”, com Ju ferraz, Manuela Bordasch, Bia Bottesi e Carol Celico batendo um papo acerca da importância de cuidar da própria imagem, sendo autêntica, verdadeira e sem precisar de filtros.



Talk show do GRLS! com o tema "Imagem Pessoal" (Vídeo: Reprodução/Youtube)


Como já é de praxe, o GRLS! trouxe um line-up 100% feminino. Para abrir o festival, Rachel Reis fez questão de compartilhar com o público uma setlist cheia de brasilidade. “Maresia” e “20h” foram alguns sucessos que a baiana entregou em uma apresentação com muito alto astral.

Lexa foi a responsável por subir ao palco e eletrizar o festival com muito funk, o que animou mais ainda quem estava presente. Logo em seguida foi a vez de Margareth Menezes se apresentar com muito axé e MPB, ela também aproveitou para fazer alguns discursos ativistas bem inspiradores, e de maneira bem especial sobre os direitos das mulheres e afrodescendentes.

A cantora Mariah Angeliq, que tem origem cubana e porto-riquenha, entregou em sua apresentação uma setlist recheada de reggaeton e trap, se destacando como uma das atrações com a linha musical mais distinta do dia, o que deixou o público encantado. Com o hit “Bixinho”,  Duda Beat arrebatou corações, mas tornou a carreira consolidada com o álbum “Te Amo Lá Fora”, que este ano ganhou uma versão remixada. Trazendo suas letras românticas, Duda fez um show considerado bem coreografado - esteticamente- que deixou todos extasiados.


Outra responsável por deixar os corações quentinhos foi JoJo, dona e proprietária do hit atemporal “Too Little, Too Late”, a estadunidense acalentou as millennials e zillennials, de igual modo a headliner Sandy, que para a alegria de muitos, adicionou “Lugar Ao Sol” em sua setlist que era um das mais esperadas. Quem esteve no evento aproveitou a oportunidade para tirar fotos, gravar vídeos, e também ganhar brindes se divertindo com as atividades que aconteciam nos intervalos dos shows.

Por fim, não pode ser deixado de fora o espaço Conexões, aplicado e destinado para instituições com o intuito de impactar o fruto do trabalho de empreendedorismo feminino, como o Plano Menina, Orientavida, Movimento Black Money, Rede Mulher Empreendedora, Livre de Assédio e Beaba, dignos de todo reconhecimento.

A Feirinha também levou marcas idealizadas exclusivamente por mulheres para que pudessem expandir seus negócios com um novo público, dessa forma, no mesmo espaço em que foi possível conhecer as instituições, também pode-se conhecer e até adquirir produtos de marcas como Pinga, Pop Plus, Aya Pitaya, Ana Santiago, Linus, Jazz e Livraria Africanidades.


Foto destaque: Festival GRLS! 2023 e o palco Heineken. Reprodução/Twitter