Cinema/TV

Festival de Cannes: Viola Davis relembra momentos de racismo que viveu no passado

21 Mai 2022 - 10h10 | Atulizado em 21 Mai 2022 - 10h10
Festival de Cannes: Viola Davis relembra momentos de racismo que viveu no passado

O Festival de Cannes de 2022, foi marcado por outros motivos além das premiações e vestidos no red carpet.  

Um destes motivos foi a fala da grande atriz Viola Davis sobre momentos de racismo que viveu no passado em sua trajetória no cinema e sobre a falta de representatividade na TV.

A atriz e produtora, revelou que sofreu racismo de um diretor em seu passado. Segundo a atriz, ela foi chamada pelo nome da empregada dele e em seguida lamentou pela falta de representatividade negra na TV. 

“Tive um diretor que fez isso (racismo) comigo. Ele disse: ‘Louise” Eu o conhecia há 10 anos e ele me chamava de Louise e descobri que é porque o nome de da empregada dele é Louise”, contou Davis em entrevista à Variety no evento de cinema. “Eu tinha cerca de 30 anos na época, então foi há algum tempo. Mas o que você precisa perceber é que essas micro agressões acontecem o tempo todo”, completou a atriz.  


Viola Davis com a estatueta do Oscar (Foto: Reprodução/Yahoo)


Davis, que recebeu um Emmy por seu excelente trabalho em How to Get Away with Murder, ainda contou Viola que a cor de sua pele é levada em consideração para projetos, e com isso ela recebe uma quantidade de oportunidades menor do que gostaria. 

“Sei que desde quando saí de How to Get Away With Murder não vejo muitas mulheres de pele escura em papéis principais na TV e nem mesmo em serviços de streaming. E isso se liga à ideologia, ao éthos e à mentalidade, e isso está falando em abstrato.  Por que você não está contratando uma mulher de pele escura quando ela entra na sala e você diz que ela te surpreende? Crie espaço e narrativa para ela, para que, quando ela prosperar, não prospere apesar de sua circunstância, mas prospere por causa de sua circunstância”, explicou a atriz.  

Viola Davis, atualmente com 56 anos, que trabalhou em grandes projetos como: Doubt, Eat, Pray, Love, The Help, Justice League e How to Get Away With Murder, entre outros é Vencedora de um Óscar, um Emmy Awards e dois Tony Awards e foi considerada pela Time uma das 100 pessoas mais influentes do planeta em 2012 e em 2017.

 

 

Foto destaque: Viola Davis no Festival de Cannes, 2022 (Foto: Reprodução/Manequim)