Notícias

Fim do uso de máscaras no Rio de Janeiro

07 Mar 2022 - 22h42 | Atulizado em 07 Mar 2022 - 22h42
Fim do uso de máscaras no Rio de Janeiro

A partir de amanhã (08), o município do Rio de Janeiro passa a suspender o uso de máscaras tanto ao ar livre quanto em locais fechados. A decisão foi tomada hoje (07) pela manhã, em uma reunião do Comitê Científico da prefeitura com o prefeito Eduardo Paes (PSD). Em seu perfil no Twitter, o prefeito anunciou que a medida será publicada no Diário Oficial do município. “Atendendo recomendação do comitê científico da prefeitura do Rio, edição extra do Diário Oficial nessa tarde libera do uso de máscaras em espaços abertos e fechados na cidade do Rio de Janeiro. Quando atingirmos 70% na dose de reforço, acaba tb o passaporte da vacinação”, escreveu na rede social.


Prefeitura do Rio anuncia o fim do uso de máscaras na cidade. (Reprodução/Olhar Digital)


No entanto o Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura do Rio de Janeiro, recomenda que as máscaras continuem sendo usadas em escolas e por profissionais de saúde. O uso também deve ser mantido por pessoas imunossuprimidas, com comorbidades de alto risco, não vacinadas e com sintomas de síndrome gripal. Com a medida, o Rio se torna a primeira capital brasileira a abolir completamente o uso de máscaras, segundo levantamento do jornal O Globo.

Atualmente, temos a menor taxa de transmissão de Covid-19 na cidade, desde o início da pandemia. Considerando também que o índice de positividade nos testes para a doença está menor e o número de pessoas internadas corresponde a menos de 1%, o Comitê Científico recomendou a desobrigação do uso de máscara na cidade do Rio também em locais fechados. Vale lembrar que, desde outubro do ano passado, já não era obrigatório o uso de máscara em locais abertos”, disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

A vacinação está avançada em quase todas as faixas etárias. Entre os adultos, 99,5% da população tomou as duas doses ou dose única da vacina. A dose de reforço foi aplicada em 54,1% do público. Considerando também crianças e adolescentes a partir de 5 anos, 97,3% do público-alvo tomou a primeira dose da vacina, enquanto 89,2% tomou duas doses ou dose única. Entre as crianças de 5 a 11 anos, 33,2% ainda não foram vacinadas.

Foto Destaque: Uso de máscara ao ar livre também é suspenso. Reprodução/GZNSaúde;