Saúde e Bem Estar

Foi confirmado primeiro caso de Poliomielite nos Estados Unidos

22 Jul 2022 - 16h14 | Atulizado em 22 Jul 2022 - 16h14
Foi confirmado primeiro caso de Poliomielite nos Estados Unidos

Depois de pelo menos 30 anos, foi novamente detectado um caso confirmado de um paciente infectado com o vírus da Poliomielite nos Estados Unidos. O caso que já foi confirmado nesta quinta-feira 21, pelas autoridades de saúde e também pelo Departamento de saúde no subúrbio da cidade de Nova York. Pelos testes já realizados na pessoa infectada, essa infecção pode ter começado fora do país.

Em um comunicado, a comissária de Saúde do Condado de Rockland, Patricia Schnabel Ruppert, disse que: “Esse caso está sendo observado de perto e estamos trabalhando em conjunto com o Departamento de Saúde de Nova York e com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), para tratar essa doença como uma questão de proteção à saúde e o bem-estar da população do Condado”.

O Centro também disse que desde 1979, nenhum outro caso originário de pólio era registrado nos Estados Unidos. Contudo, esse vírus já circulou vindo por meio de turistas de outros países em meados de 1993. Após esses dois momentos, nunca mais nenhuma situação parecida foi contatada para a equipe de saúde americana.


Foto: Criança que sofre com consequências da Poliomielite/ Reprodução: O Atibaiense


O vírus da Poliomielite ataca principalmente o sistema nervoso do doente e em poucas horas pode causar paralisia irreversível em qualquer parte do corpo humano. A doença em si não tem cura, porém para a prevenção da população, a melhor saída é a vacinação. E desde que houveram campanhas nacionais e regionais de vacinação principalmente infantil contra a Poliomielite, houve uma notável redução no número de infecções.

Para efeito de comparação, até o final dos anos 1940, quando ainda não havia de fato uma vacina que combatesse a doença, cerca de quase 40 mil norte-americanos sofreram com a infecção e a paralisia permanente da doença em seu organismo. A maioria dos casos era detectado em regiões em que havia baixo ou nenhum saneamento básico.

Os principais sintomas da pólio são: fadiga, febre, fraqueza nos músculos e até a paralisia que pode ser fatal. Já a infecção acontece quando a pessoa usa o banheiro e não faz a higiene correta, quando há o contato tanto com água ou alimentos contaminados por fezes e também quando o saneamento básico ao redor da pessoa é baixo ou não existe. A melhor forma de tratar e prevenir é com a vacina contra a Poliomielite.

Foto Destaque: Médico segurando amostra com vírus da Poliomielite/ Reprodução: Olhar Digital