Saúde e Bem Estar

Fones de ouvido: Os perigos do uso excessivo na academia

01 Mai 2022 - 20h09 | Atulizado em 01 Mai 2022 - 20h09
Fones de ouvido: Os perigos do uso excessivo na academia

Praticar exercícios escutando música é uma maneira de entusiasmar o treino. Foi comprovado cientificamente que a música consegue motivar, tornar mais intenso e duradouro o treino ao tornar o exercício físico mais prazeroso.  As academias normalmente colocam som ambiente - músicas mais aceleradas, sendo elas de funks ou eletrônico- no entanto, ficou cada vez mais comum, após a pandemia, observar pessoas com fones de ouvido durante a prática da atividade física.  Especialistas indicam controlar o volume, pois, se ele estiver muito alto, pode prejudicar a audição.

Bruna Assis, médica do Hospital Paulista, orienta que “sons numa intensidade acima de 85 decibéis já podem provocar lesões auditivas. Como os fones chegam a 115, não se deve ouvir com mais de 2/3 do volume máximo”. 

“Considerando que a academia costuma ser barulhenta, o ideal é usar o fone na metade do volume do aparelho”, acrescentou a otorrinolaringologista. É importante se precaver, pois, a prevenção ajuda a não ter a perda progressiva de audição. 


Homem de costas com fone de ouvido. Foto: Reprodução/Lescinq gym.


A utilização do fone não deve causar nenhum desconforto. Por esse motivo, devem evitar os que já perderam a espuma auricular protetora e estão mais desgastados. Também não são recomendados os que se encaixam no canal auricular, de forma que podem ocasionar irritação local e inflamação, dependendo do formato do ouvido. Para quem gosta de utilizar o fone de ouvido para escutar músicas, é importante selecionar o dispositivo que mais se encaixa ao perfil do usuário. 

Higienizar o fone após o uso é fundamental, de maneira que ajuda a prevenir doenças como eczemas e otites, geradas pelo acúmulo de sujeira, bactérias e fungos, que pode ser obtido pelo contato com cera de ouvido, suor, mãos e outras superfícies. 

Para a higienização do fone pode ser utilizado álcool 70% ao menos uma vez por semana. Geralmente, os dispositivos trazem um manual com informações sobre a limpeza.

Foto destaque: Reprodução/Shutterstock

Mais Lidas