Tech

Fórmula 1 mudará o foco para energia elétrica em 2026

17 Dez 2021 - 22h00 | Atulizado em 17 Dez 2021 - 22h00
Fórmula 1 mudará o foco para energia elétrica em 2026

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou, na noite de ontem, por meio de um comunicado, que a Fórmula 1 (F1), a principal categoria do automobilismo mundial, terá uma mudança significativa em seu foco na utilização da energia elétrica a partir de 2026. As equipes deverão usar um novo motor, mais barato e ecologicamente correto, que será introduzido na categoria em até cinco anos.


 

Bandeira da FIA (Foto: AFP)


A FIA reforçou que esse é um dos principais objetivos para os próximos anos e informou que as mudanças estarão no novo regulamento, que foi definido após uma reunião realizada em Paris, na França. Os quatro principais pontos de mudança foram listados da seguinte forma: manutenção do motor V6 de 1,6 litro, aumento da potência elétrica para 350 kW, eliminação do componente MGU-H que gera energia a partir do calor e introdução de um limite de custo para o motor.

A entidade disse que deseja enviar uma mensagem para o mundo mostrando que a consciência ambiental é uma pauta importante e que essa atitude gera uma mensagem poderosa, com combustível 100% sustentável, e a mudança de foco para a energia elétrica. O Grupo Volkswagen, dono da Porsche e Audi, está em tratativas para entrar na F1 futuramente, porém, o conglomerado está aguardando a decisão dos planos de mudança para os combustíveis sintéticos até 2026.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Natura-eleva-sua-assistente-virtual-a-um-novo-nivel-de-experiencia-do-cliente

https://inmagazine.ig.com.br/post/Nike-entra-com-tudo-no-metaverso-com-a-aquisicao-da-RTFKT

https://inmagazine.ig.com.br/post/Metaverso-mudou-a-forma-como-as-grandes-empresas-investem-e-funcionam

Sebastian Vettel, atual piloto da equipe Aston Martin, e tetracampeão Mundial da F1, é uma ativista do meio-ambiente e procura conscientizar os espectadores da categoria para melhorar as situações climáticas. O alemão evita realizar viagens de carro, avião e dá preferência para veículos que não prejudicam tanto o meio-ambiente. Inclusive, foi visto recolhendo o lixo deixado nas arquibancadas de Sylverstone, no GP da Inglaterra. Em entrevista, o piloto comentou sobre as suas atitudes: “Não faço isso para aparecer. O que eu quero é garantir que tudo o que eu fizer faça sentido e realmente ajude o lugar onde estamos. É ótimo que as pessoas se interessem por isso e, consequentemente, se inspirem a fazer algo semelhante ou a questionar as suas atitudes e o seu comportamento”.

 

Foto destaque: Verstappen à frente de Bottas e Hamilton no GP de Abu Dhabi. Foto: Getty Images