Esportes

Fortaleza e River Plate empatam em partida de tirar o fôlego

06 Mai 2022 - 10h00 | Atulizado em 06 Mai 2022 - 10h00
Fortaleza e River Plate empatam em partida de tirar o fôlego

Fortaleza e River Plate se encontraram na Arena Castelão, nesta quinta-feira (5), e empataram por 1 a 1. O jogo foi válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores 2022. O combate foi marcado por grandes chances perdidas e o protesto da torcida do Tricolor contra o racismo.
A noite começou inspirada para o Leão do Pici. Embalados pela torcida, o time da casa segurou a bola logo nos primeiros minutos e tentou controlar o ritmo da partida com a troca de passes. A estratégia era entrar na área do River e foi isso que aconteceu. Aos quatro minutos da primeira parcial, Lucas Lima colaborou com Lucas Crispim  que tocou para Romero, livre, para marcar 1 a 0 para o Fortaleza. O gol, o segundo do argentino na competição, inflamou ainda mais o público presente.


Romero comemorando gol do Fortaleza. (Reprodução: Mateus Lotif/FEC)


Apesar da pressão do tricolor na saída de bola do River, os hermanos estavam finalizando. Numa dessas jogadas, Herrera chutou e Benevenuto derrubou Pochettino dentro da área. O pênalti cobrado por Enzo Fernández foi convertido e manteve o placar nivelado até o fim do jogo.
As boas chances criadas pelo Fortaleza no resto da partida pararam diante do goleiro Armani. Renato Kayzer ainda movimentou o time após entrar na batalha mas não conseguiu selar a vitória. Porém, o atacante protagonizou uma jogada polêmica que resultou na expulsão de seu companheiro Romero. Os atletas do Leão reclamavam de pênalti e o argentino acabou sendo mais incisivo.



No segundo tempo, o River teve uma chance clara de gol com Pochettino dentro da área mas o meia furou na hora do chute.
A torcida fez grande protesto contra o racismo em resposta aos acontecimentos do jogo de ida, onde um torcedor do time adversário jogou uma banana nos apoiadores do Tricolor do Pici. Um grande mosaico com a frase "Stop Racism" (Pare o Racismo) foi criado, o goleiro Max Walef usou uma luva com os mesmos dizeres e uma enorme quantidade de faixas estavam dando suporte.



Os torcedores que cometeram os atos racistas na Argentina foram punidos pela justiça.
Com o empate, El Milionario mantém a posição do líder do grupo F, com dez pontos, enquanto o Fortaleza fica com o terceiro lugar, com quatro pontos. 
Ainda na Arena Castelão, mas dessa vez pelo Brasileirão, o próximo jogo dos anfitriões é contra o São Paulo, no domingo, às 19h. 

Foto destaque: Álvarez e Tinga no jogo River Plate x Fortaleza pela Libertadores. Reprodução: Divulgação/River Plate/Twitter.