Esportes

Fortaleza vence o Sport no Castelão e conquista a Copa do Nordeste

04 Abr 2022 - 09h01 | Atulizado em 04 Abr 2022 - 09h01
Fortaleza vence o Sport no Castelão e conquista a Copa do Nordeste

Campo encharcado, apagão, confusão, e drama até o final, a partida de volta da final da Copa do Nordeste teve todos esses fatores e coroou o Leão do Pici como campeão, graças ao gol de Yago Pikachu, no final do primeiro tempo.

A equipe tricolor começou melhor a partida, pressionando o Sport e chegando com perigo em aos 10 e 18 minutos de jogo com Moisés e aos 14 com Hércules. O Sport também chegou, graças ao contra-ataque de Parraguez, o atacante chileno foi derrubado na área por Benevenuto, mas a arbitragem não viu falta. No fim do primeiro tempo, Moisés invadiu a área e driblou Rafael Tyere, que deixou o pé e cometeu o pênalti. Após dois minutos de revisão do Árbitro de Vídeo, Pikachu foi para a bola e converteu a cobrança.

Na segunda etapa da partida o Sport veio motivado a reverter o placar e pressionava o tricolor, mas demonstrava exagero de força nas disputas pela bola, com apenas 7 minutos já haviam três atletas do Sport com cartão amarelo. O rubro-negro levou perigo em finalizações de Sander, Luciano Juba e no cabeceio perigosíssimo Pedro Naressi, que foi defendido por Max Walef, a defesa foi comemorada pelos torcedores do Fortaleza como um gol, mas Naressi estava em posição irregular, e o lance invalidado.

Aos 23’ Sander foi derrubado por Benevenuto na área e a arbitragem marcou a penalidade máxima. No VAR, a penalidade foi retirada, e assinalada uma falta na entrada da área, com cartões amarelos aplicados para Benevenuto e o técnico do Fortaleza, Vojvoda. Aos 35 minutos o atacante Robson do Fortaleza foi expulso após dar uma cotovelada em Rafael Tyere do Sport.


Jogadores do Fortaleza comemorando a conquista. Créditos: Reprodução/Twitter/Fortaleza

A partida encaminhava para o final sob forte chuva no estádio Castelão, quando uma queda de luz atingiu o estádio. Os torcedores aproveitaram para fazer um show de luzes com os celulares. O apagão durou cerca de quatro minutos, e após o recomeço da partida, o Sport achou um gol com Ewerton, Lateral Direito. Mas o gol foi invalidado pela arbitragem, que assinalou um lance faltoso de Parraguez na jogada anterior.

Com o campo muito pesado, pouco acontecia no campo, até uma confusão entre os bancos de reserva eclodir. Segundo as equipes de reportagem, os reservas do Sport reclamaram que uma segunda bola foi jogada em campo enquanto o rubro-negro atacava. Após a confusão o jogo seguiu por mais dois minutos, quando o árbitro decretou fim de partida.

O Fortaleza conquistou pela segunda vez a Copa do Nordeste, e de forma invicta. Em 12 partidas, o Leão do Pici venceu 7 e empatou 5, marcou 24 gols e sofreu 7. Por conta do título, o tricolor de aço ainda faturou 3,56 milhões de reais.

Foto Destaque: Jogadores do fortaleza comemorando a conquista da Copa do Nordeste. Créditos: Lucas Emanuel/CBF